Original Tradução Original e tradução
gu cheng

jì yuè qīng fēng píng
shuǐ ruò xiāng féng yī fāng
yī kē jiù shì chū xīn
gòng dù de xiàng wǎng
wēn róu xiāng dài zhāo xì tián shì táng
mìng yùn què wú qíng cuò fàng

zhōng jiù lù cūn chū
shì yǒu bēi zhēn xiàng
gān cháng cùn duàn cǐ shēng qīng cháng
shàn è yáo huàng shúi
yòu shēn xiàn yè zhàng
ài gǔn tàng hèn qiě bīng liáng

hé jù xíng shì shàng
zhè xīn cí yǎn máng yè huāng liáng
wéi yǒu huǎng què bù kě
yuán liàng zěn liǎo què jì wǎng

Male: lián mǐn què chuān xīn
huàn xīng chén wù luò de sù mìng
dé yī jù cuò bù zài nǐ

shuāng huá fú xuě shuāng
jiàn shēn fù xiá cháng
liú cè yǐn zài mèng lǐ chàng wǎng
rú qì zhú qiāo cóng cǐ shēng sǐ wǎng
shèng gū chéng zhuī yì wú fāng

nài hé yuán zì tài nán xiě yòu
nán xù
cóng hé lái yún dàn ér fēng qīng
hào dàng tiān dì xiàn shí
huāng táng zhí mí
tīng fēng jì zhǐ hǎo huì yì

hé jù xíng shì shàng
zhè xīn cí yǎn máng yè huāng liáng
wéi yǒu huǎng què bù kě
yuán liàng zěn liǎo què jì wǎng
lián mǐn què chuān xīn
huàn xīng chén wù luò de sù mìng
dé yī jù cuò bù zài nǐ
(yòu hé lái sū xǐng)

Cidade Solitária

Sob a Lua clara e a leve brisa
Nós nos encontramos por acaso naquele lugar com lentilhas à deriva
Desejando permanecer fiel à aspiração
Original de levar a salvação às pessoas
Tratar os outros com gentileza. Os dias juntos são tão doces como doces
Mas o destino foi cruelmente mal colocado

Na última análise, abatendo toda a aldeia
E descobrindo a verdade desesperadora de matar o seu melhor amigo
Oprimido pela dor, ele reembolsou seus atos com a sua vida
Balançando entre o bem e o mal
Quem está profundamente preso na dívida do karma?
O amor é escaldante e o ódio é gelado

Por que eu tenho medo de vaguear neste mundo?
Tendo ele com um coração gentil e um olhar cego nesta noite desolada
Apenas as mentiras não podem ser perdoadas
Como o passado pode ser esquecido?

A sua bondade perfurou o meu coração
Levando ao fim equivocado do destino de XingChen
Ele recebeu as palavras: "Isso tudo não foi sua culpa"

As espadas de Shuanghua e Fuxue
Significa, o cavalheirismo de seus donos
Deixando a pena e melancolia nos meus sonhos
O bambu batendo no chão como se estivesse chorando. A vida ou morte não importa mais
Apenas a cidade solitária é deixada para eu relembrar para sempre

Afinal, a palavra "acaso" é muito difícil de escrever
E difícil continuar
Como alguém pode fingir que nada aconteceu?
O mundo é amplo e a
Realidade é absurda e obcecada
Ouça o latejar do vento. Isso só pode ser entendido

Por que eu tenho medo de vaguear neste mundo?
Tendo ele com um coração gentil e um olhar cego nesta noite desolada
Apenas as mentiras não podem ser perdoadas
Como o passado pode ser esquecido?
A sua bondade perfurou o meu coração
Levando ao fim equivocado do destino de XingChen
Ele recebeu as palavras: "Isso tudo não foi sua culpa"
(Por que ele iria acordar?)

Composição: Yu Hong Long 余竑龙
Enviada por Juliana e traduzida por Luizy.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Mo Dao Zu Shi (The Untamed)

Ver todas as músicas de Mo Dao Zu Shi (The Untamed)