Si Tú No Existieras

Ricardo Arjona

Original Tradução Original e tradução
Si Tú No Existieras

Yo tengo un sillón de Marruecos que extraña tu espalda
Un falso Picasso que cubre el retrato en que estabas
Catorce adoquines que exigen tus huellas descalzas
Yo vivo del aire que expulsa el olor de tu blusa

Yo tengo temor a perderte y terror a que vuelvas
No puedo vivir junto a ti y sin ti es imposible
Me muero por verte otra vez y me matas si vuelves
Que bueno seria despertar y que tú no existieras

Si tú no existieras
Serían más cortos los días
No habría que revolcarse en esta historia inconclusa
Que es jugar ruleta rusa, con ganas de perder

Si tú no existieras
Sería más fácil el aire
No habría que respirar todo el aroma que dejaste
Desde el día en que te marchaste
Si tú no existieras

Tú tienes el don de lo extremo no hay como evitarlo
Jamás fui infeliz y feliz como he sido contigo
Tú tienes el don de lo absurdo y hay que soportarlo
Sería mejor desde luego que tú no existieras

Si tú no existieras
Serían más cortos los días
No habría que revolcarse en esta historia inconclusa
Que es jugar ruleta rusa, con ganas de perder

Si tú no existieras
Sería más fácil el aire
No habría que respirar todo el aroma que dejaste
Desde el día en que te marchaste
Si tú no existieras

Se Tu Não Existisses

Eu tenho uma cadeira de Marrocos que sente falta de tuas costas
Um falso Picasso que cobre o retrato em que estavas
Catorze calçamentos que exigem tuas pegadas descalças
Eu vivo do ar que expulsa o cheiro de tua blusa

Eu tenho medo de perder-te e terror que voltes
Não posso viver junto a ti e sem ti é impossível
Morro por ver-te outra vez e me matas se voltas
Que bom seria despertar e que tu não existisses

Se tu não existisses
Seriam mais curtos os dias
Não teria que revolver-me nessa história inacabada
Que é jogar roleta russa, com vontades de perder

Se tu não existisses
Seria mais fácil o ar
Não teria que respirar todo o aroma que deixastes
Desde o dia em que partistes
Se tu não existisses

Tu tens o dom do fim e não há como evitá-lo
Jamais fui infeliz e feliz como tenho sido contigo
Tu tens o do do absurdo e tenho que suportá-lo
Seria melhor desde agora que tu não existisses

Se tu não existisses
Seriam mais curtos os dias
Não teria que revolver-me nessa história inacabada
Que é jogar roleta russa, com vontades de perder

Se tu não existisses
Seria mais fácil o ar
Não teria que respirar todo o aroma que deixastes
Desde o dia em que partistes
Se tu não existisses

Composição: Ricardo Arjona
Enviada por Rubi e traduzida por Sabrina. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog