Acompáñame a Estar Solo

Ricardo Arjona

Original Tradução Original e tradução
Acompáñame a Estar Solo

Acompáñame a estar solo
A purgarme los fantasmas
A meternos en la cama, sin tocarnos
Acompáñame al misterio
De no hacernos compañía
A dormir sin pretender que pase nada
Acompáñame a estar solo

Acompáñame al silencio
De charlar sin las palabras
A saber que estás ahí y yo a tu lado
Acompáñame a lo absurdo de abrazarnos sin contacto
Tú en tu sitio, yo en el mío
Como un ángel de la guarda
Acompáñame a estar solo

Acompáñame
A decir sin las palabras
Lo bendito que es tenerte
Y serte infiel solo con esta soledad
Acompáñame
A quererte sin decirlo
A tocarte sin rozar
Ni el reflejo de tu piel a contraluz
A pensar en mí para vivir por ti
Acompáñame a estar solo

Acompáñame a estar solo
Para calibrar mis miedos
Para envenenar de a poco mis recuerdos
Para quererme un poquito
Y así quererte como quiero
Para desintoxicarme del pasado
Acompáñame a estar solo

Acompáñame
A decir sin las palabras
Lo bendito que es tenerte
Y serte infiel solo con esta soledad
Acompáñame
A quererte sin decirlo
A tocarte sin rozar
Ni el reflejo de tu piel a contraluz
A pensar en mí para vivir por ti
Acompáñame a estar solo

Y si se apagan las luces
Y si se enciende el infierno
Y si me siento perdido
Sé que tú estarás conmigo
Con un beso de rescate
Acompáñame a estar solo

Acompáñame
A decir sin las palabras
Lo bendito que es tenerte
Y serte infiel por esta vez
Acompáñame
A quererte sin decirlo
A tocarte sin rozar
Ni el reflejo de tu piel a contraluz
A pensar en mí para vivir por ti

Por esta vez
Acompáñame a estar solo

Me Acompanhe a Ficar Sozinho

Me acompanhe a ficar sozinho
A me purificar os fantasmas
Para ir para a cama, sem nos tocar
Me acompanhe ao mistério
De não nos fazer companhia
Dormir sem fingir que nada acontece
Me acompanhe a ficar sozinho

Me acompanhe ao silêncio
De bater papo sem palavras
Saber que você está aí e eu ao seu lado
Me acompanhe ao absurdo de nos abraçarmos sem contato
Você no seu lugar, eu no meu
Como um anjo da guarda
Me acompanhe a ficar sozinho

Me acompanhe
Para dizer sem palavras
Quão abençoado é ter você
E ser infiel somente com essa solidão
Me acompanhe
Para te amar sem dizer isso
Tocar em você sem tocar
Nem o reflexo de sua pele contra a luz
Pensar em mim para viver por você
Me acompanhe a ficar sozinho

Me acompanhe a ficar sozinho
Para equilibrar meus medos
Para envenenar aos poucos minhas memórias
Para me amar um pouquinho
E então te amar como eu quero
Para me desintoxicar do passado
Me acompanhe a ficar sozinho

Me acompanhe
Para dizer sem palavras
Quão abençoado é ter você
E ser infiel somente com essa solidão
Me acompanhe
Para te amar sem dizer isso
Tocar em você sem tocar
Nem o reflexo de sua pele contra a luz
Pensar em mim para viver por você
Me acompanhe a ficar sozinho

E se as luzes se apagarem
E se o inferno pegar fogo
E se eu me sentir perdido
Sei que você estará comigo
Com um beijo de resgate
Me acompanhe a ficar sozinho

Me acompanhe
Para dizer sem palavras
Quão abençoado é ter você
E ser infiel somente com essa solidão
Me acompanhe
Para te amar sem dizer
Tocar em você sem tocar
Nem o reflexo de sua pele contra a luz
Pensar em mim para viver por você

Desta vez
Me acompanhe a ficar sozinho

Composição: Ricardo Arjona
Enviada por maximo. Revisões por 4 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog