Como Abeja Al Panal

Juan Luis Guerra 4.40

Original Tradução Original e tradução
Como Abeja Al Panal

Yo sé que soy de tu agrado
No niegues en darme el sí
Que yo te he ofrecido a ti
Un matrimonio sagrado

No más porque me enamoro
Se ponen a dar querella
Total, las palmas son más altas
Y los puercos comen de ellas

No quieren que yo te quiera
Me tienen impedimento
Y no me dejan salir
De la puerta al aposento

Créame que mucho lo siento
Pero qué dirán de mí
Tengo un amor de pasión
Por eso es que a otro yo
No le puedo dar el sí

Yo no encuentro un corazón
Que me sepa acotejar
Cuando yo llego a tu puerta
Llega la abeja al panal
Llega la abeja al panal, ¡oye!

Quiéreme como te quiero a ti
Dame tu amor sin medida
Búscame como abeja al panal
Viva la miel de mi vida

Yo no encuentro un corazón
Que me sepa acotejar
Cuando yo llego a tu puerta
Llega la abeja al panal
Miel que me das

Quiéreme como te quiero a ti
Mamita buena
Dame tu amor sin medida
Búscame como abeja al panal
Quita la pena
Viva la miel de mi vida

Créame que mucho lo siento
Pero qué dirán de mí
Tengo un amor de pasión
Y le voy a dar el sí
¡Oye que sí!

Quiéreme como te quiero a ti
Negrito lindo, ¡ay!
Dame tu amor sin medida
Búscame como abeja al panal
Viva la miel de mi vida

¡Oye!

Quiéreme
Solamente una vez, mira
Búscame
Para que sane mi herida
Búscame
Y una mañana al despertar
Bésame
Seré una ola en tu vida

Quiéreme
Quiéreme que solo aquí me hundo de amor
Búscame
Quiéreme que estoy viviendo en tu corazón
Júrame
Júrame
Labio a labio
Bajo el cielo
Bésame
Amarnos toda la vida

Yo no encuentro un corazón
Que me sepa acotejar
Cuando yo llego a tu puerta
Llega la abeja al panal
Llega la abeja al panal

Como Abelha Ao Favo

Eu sei que sou de teu agrado
Não negue em me dar um sim
Que eu te ofereci
Um casamento sagrado

Não mais porque me apaixono
Põem-se a dar querela
Total, as palmas são mais altas
E os porcos comem dela

Não querem que eu te queira
Me tem impedimento
E não me deixam sair
Da porta ao aposento

Acredita-me que muito o sinto
Mas o que dirão de mim
Tenho um amor de paixão
Por isso é que a outro eu
Não posso dar o sim

Eu não encontro um coração
Que saiba me cortejar
Quando eu chego a tua porta
Chega a abelha ao favo
Chega a abelha ao favo, ora!

Queira-me como te quero
Me dê teu amor sem medida
Me busca como abelha ao favo
Liba, o mel de minha vida

Eu não encontro um coração
Que saiba me cortejar
Quando eu chego a tua porta
Chega a abelha ao favor
Mel que me dás

Queira-me como te quero
Mamãe boa
Me dê teu amor sem medida
Me busca como abelha ao favo
Tira a pena
Liba, o mel de minha vida

Acredita-me que muito o sinto
Mas o que dirão de mim
Tenho um amor de paixão
E vou te dar o sim
Ouve que sim!

Queira-me como te quero
Negrinho lindo, ai
Me dê teu amor sem medida
Me busca como abelha ao favo
Liba, o mel de minha vida

Ouve!

Queira-me
Somente uma vez, olha
Busca-me
Para que cure minha ferida
Busca-me
E uma manhã ao despertar
Beija-me
Serei uma onda em tua vida

Queira-me
Queira-me que só aqui me afundo de amor
Busca-me
Queira-me que estou vivendo em teu coração
Jura-me
Jura-me
Lábio a lábio
Sobre o céu
Beija-me
Nos amar toda a vida

Eu não encontro um coração
Que saiba me cortejar
Quando eu chego a tua porta
Chega a abelha ao favo
Chega a abelha ao favo

Composição: Juan Luis Guerra
Enviada por André e traduzida por Jéssica. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog