Aprenda inglês com a maior plataforma de letra de música da América Latina
Participar

Frío, Frío

Juan Luis Guerra 4.40

Original Tradução Original e tradução
Frío, Frío

Tu amor es tan
Completamente tierno
Forjado de recuerdos
Y sin saber es cielo en la ventana
Que me abre la mañana

Tu amor me parte en dos el occidente
Me clava de repente
Y me convierte en masa que se amolda
A una ilusión ardiente

Dime si mastico el verde menta de tu voz
O le pego un parcho a mi alma
Átame al pulgar derecho de tu corazón
Y dime como esta mi amor en tu amor

Frío, frío (frío) como el agua del río (frío)
O caliente como agua de la fuente
Tibio, tibio (tibio) como un beso que calla
Y se enciende si es que acaso le quieres

Tu amor despierta y lava su carita
De rosas me salpica
Y sin saber es una vía láctea
Que vira y me da vida

Tu amor lo guardo dentro de mis ojos
Como una lagrimita
Y no los lloro para que no salgan
Tus besos de mi risa

Dime si mastico el verde menta de tu voz
O le pego un parcho a mi alma
Átame al pulgar derecho de tu corazón
Y dime como esta mi amor en tu amor

Frío, frío (frío) como el agua del río (frío)
O caliente como agua de la fuente
Tibio, tibio (tibio) como un beso que calla
Y se enciende si es que acaso le quieres

Pudiera ser un farolito
Y encender tu luz
Hasta que quieras tú

Frío, frío (frío) como el agua del río (frío)
O caliente como agua de la fuente
Tibio, tibio (tibio) como un beso que calla
Y se enciende si es que acaso le quieres

Frío, frío (frío) como el agua del río (frío)
O caliente como agua de la fuente
Tibio, tibio (tibio) como un beso que calla
Y se enciende si es que acaso le quieres

Frio, Frio

Seu amor é tão
Completamente terno
Forjado de recordações
E sem saber o céu na janela
Que me abre a manhã

Seu amor me parte em dois o ocidente
Me crava de repente
E me converte em massa que se molda
A uma ilusão ardente

Me diz se mastigo o verde menta de tua voz
Ou lhe pego um remendo à minha alma
Ata-me ao polegar direito do seu coração
E me diz como esta meu amor em seu amor

Frio, frio (frio) como a água do rio (frio)
Ou quente como água da fonte
Frio, frio (frio) como um beijo que cala
E se acende se é que acaso queres

Teu amor desperta e lava sua face
De rosas me salpica
E sem saber é uma via láctea
Que vira e me dá vida

Teu amor eu guardo dentro dos meus olhos
Como uma lágrima
E não os choro para que não saiam
Teus beijos da minha vista

Me diz se mastigo o verde menta da tua voz
Ou lhe pego um remendo a minha alma
Ata-me ao polegar direito do teu coração
E me diz como está meu amor em seu amor

Frio, frio (frio) como a água do rio (frio)
Ou quente como água da fonte
Frio, frio (frio) como um beijo que cala
E se acende se é que acaso lhe queres

Poderia ser um farolzinho
E acender tua luz
Até que quisesses tu

Frio, frio (frio) como a água do rio (frio)
Ou quente como água da fonte
Tíbio, tíbio (tíbio) como um beijo que cala
E se acende se é que acaso lhe queres

Frio, frio (frio) como a água do rio (frio)
Ou quente como água da fonte
Tíbio, tíbio (tíbio) como um beijo que cala
E se acende se é que acaso lhe queres

Composição: Juan Luis Guerra
Enviada por André e traduzida por Bianca. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Você não precisa da tradução para entender essa letra!

Participe do evento e aprenda inglês com música

Quero participar

Posts relacionados

Ver mais no Blog