Suki-suki

Scandal

Original Tradução Original e tradução
Suki-suki

Nemui me wo kosutte okita asa wa
Sukoshi zaratsuiteiru nodo ga itai
Shimerike no nai sunda kuuki
Akubi no ato shiroku nokoru toiki

Chikagoro seiippai jibun no memorii
Sugite yuku hibi isogashii daiarii
Oboeru koto ga arisugite hotetta atama
Mou zenbu wasureta ah

Omotta ijou ni kezureteita
Watashi no kokoro
Tamatta dasuto sutte haite
Kuria ni naru

Kotoshi mo daisuki na fuyu ga yatte kita
Attaku kikonde dekakeyou
Machi wa nigiyaka na irumineeshon
Kirakira to kagayaite
Omoide no uta ga machi ni nagaretara
Toumei na kimochi ga yomigaeru
Kono mama tokete shimau mae ni
Hayaku tsutaenakya

Kioku wo tadotte mitsuketa doa wa
Kagi ga kakateite bikutomoshinai
Kimochi to wa urahara ni itsumo
Yajirushi wa kotae wo toori sugiteiku ah

Nemurenai yoru mo kitto
Hoshi wa matataite
Afuredasu namida wo
Houseki ni kaeru

Chiisana koro kara fuyu ga suki na no
Giniro no nami ni tobikondara
Shiranai dareka ni butsukatta
Nobashita te tsukande ne
Omoide wa yuki ni natte furitsumotte yuku
Umatta garasu no kutsu wa doko?
Mou sugu jikan ga kichau kara
Mata ashita ne

Ikutsu ni natte mo narenai koto bakari ga
Tsugi kara tsugi e to oshiyoseru keredo
Itsumade tatte mo yarinokoshita koto darake ja
Irarenai yeah

Meguru kisetsu wo zenshin de uketotte
Motto motto "ima" ga suki ni naru
Machi wa nigiyaka na irumineeshon
Kirakira to kagayaite
Omoide no uta ga machi ni nagaretara
Toumei na kimochi ga yomigaeru
Kono mama tokete shimau mae ni
Hayaku hayaku

Amar-amar

Eu acordo de manhã, esfregando meus olhos sonolentos
Minha garganta está áspera e dói um pouco
O ar é limpo, sem humidade
Uma respiração branca permanece depois que eu bocejo

Ultimamente, minha memória
Tem sido um diário ocupado dos dias que passam
Há muitas coisas que eu me lembro
Minha cabeça agitada já esqueceu tudo isso, ah

Meu coração foi talhado
Mais do que eu pensava
Eu inspiro e respiro a poeira acumulada
E ele se torna claro novamente

Meu inverno amado veio novamente este ano
Vou sair agasalhada calorosamente
A cidade está cheia de iluminações movimentadas
Elas reluzem e brilham
Quando a música nas minhas memórias atravessa a cidade
Memórias transparentes são revividas
Antes que derretam por ai
Eu preciso me apressar e dizer-lhe

A porta que achei traçando minhas memórias
Nem sequer se moveu com uma chave
Contrário aos meus sentimentos
As placas de sinalização sempre passam através das minhas respostas, ah

Em noites sem dormir
As estrelas brilham
E minhas lágrimas fluindo
Se transformam em pedras preciosas

Eu amei o inverno desde que eu era pequena
Eu pulei em ondas de prata
E colidi com pessoas que eu não conhecia
Pegue minha mão estendida, okay
Minhas memórias se transformam em neve e se acumulam
Onde estão enterrados meus chinelos de vidro?
Está quase na hora
Te vejo amanhã

Coisas que não me acostumei, não importa com quantos anos
Se movem em minha direção um após o outro
Não importa quanto tempo passe
Eu não posso continuar deixando coisas inacabadas, yeah

Vou levar na mudança das estações
E amar o "agora" ainda mais
A cidade está cheia de iluminações movimentadas
Elas reluzem e brilham
Quando a música nas minhas memórias atravessa a cidade
Memórias transparentes são revividas
Antes que derretam por ai
Apresse-se, apresse-se

Composição: Keita Kawaguchi / MAMI
Enviada por Mirian e traduzida por Maria. Revisão por Maria.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Scandal

Ver todas as músicas de Scandal