Despeinada (part. Camilo)

Ozuna

Original Tradução Original e tradução
Despeinada (part. Camilo)

Yeh-eh
Eh (La Tribu), oh
Ozuna, el Oso

¿Por qué todo tiene que ser confuso? (Confuso)
Desde el principio, fuiste tú la que impuso
Que lo dejáramos así, el alma y la mente en un duelo
Forcejeando pa' quedarse aquí (aquí)

Haciéndolo, está muy adelantá' la nena
Seca con los demás y conmigo en humedad (humedad)
Que cuando te vas, más ganas me da (me da)

Por algo será
Que no cambio lo de conocerte
Cambio que te vayas cuando amanece
Porque te entregas, pero no lo suficiente
No llamas, pero cuando te apareces, eh

Tu piel mojada, tirá' en la cama
Muy maquillada, así será
Tu piel mojada, tan despeinada
Sin decir nada, así se va (así se va)

Así será
No hemos empezao' y odio cuando tú te vas
Solo hemos hablao' y te siento muy húmeda
La vida es muy frágil, mira qué fácil se va

Así, una mujer como tú, yo quiero
Quédate, que yo te necesito
Pueden regalarme el mundo entero
No te cambiaría, eso es un mito, mai'

Una mujer como tú, yo quiero
Quédate que yo te necesito
Pueden regalarme el mundo entero

Ay, pero por algo será
Que no cambio lo de conocerte
Cambio que te vayas cuando amanece
Porque te entregas, pero no lo suficiente
No llamas, pero cuando te apareces, eh

Tu piel mojada, tirá' en la cama
Muy maquillada, así será (así será)
Tu piel mojada, tan despeinada (tan despeinada)
Sin decir nada, así se va

Ay, si tú te vas
Guárdame un ladito, que me voy detrás (detrás)
Vámonos de aquí, pa' no volver jamás (jamás)
Porque yo me muero cuando tú no estás

Siento que sobra el aire
Yo estoy acostumbrado a que me falte contigo
Ay, como tú, no hay nadie
Sé que tú quieres estar conmigo

Eso es así
Una mujer como tú, yo quiero (ay, tú-tú)
Quédate, que yo te necesito
Pueden regalarme el mundo entero

Ay, pero por algo será
Que no cambio lo de conocerte
Cambio que te vayas cuando amanece
Porque te entregas, pero no lo suficiente
No llamas, pero cuando te apareces

Tu miel mojada, tirá' en la cama
Muy maquillada, así será
Tu piel mojada, tan despeinada
Sin decir nada, así se va

El negrito de ojos claros (el negrito de ojos claros)
Ozuna (Ozuna)
Camilo
Di-di-Dímelo, Gotay
Dynell
Yazid

Tu piel mojada, tirá' en la cama
Muy maquillada (La Tribu), así será
Tu piel mojada, tan despeinada
Sin decir nada, así se va

Hyde, el Químico (una mujer como tú, yo quiero)
Ozuna (quédate, que yo te necesito)
Camilo (pueden regalarme el mundo entero)
(Ay, pero por algo será)

Descabelada (part. Camilo)

Iê-ê
Ê (A Tribo), ô
Ozuna, o urso

Por que tudo tem que ser tão confuso? (Confuso)
Desde o início, foi você quem impôs isso
Que deixássemos quieto, a alma e a mente de luto
Esforçando-se para se manter aqui (aqui)

Transando, a garota está muito avançada
Com os outros, ela fica seca, mas comigo fica molhada (molhada)
Quando você vai embora, eu fico com mais vontade (eu fico)

Por alguma razão será
Que eu não mudaria o fato de ter te conhecido
Eu mudaria o fato de você ir embora quando amanhece
Porque você se entrega, mas não o bastante
Não liga, mas quando aparece, hein

Sua pele fica molhada, você jogada na cama
Muito maquiada, é desse jeito
Sua pele fica molhada, tão descabelada
Sem dizer nada, você vai embora (você vai embora)

É desse jeito
Nem começamos e já odeio quando você vai embora
Só batemos um papo e eu já sinto você bem molhada
A vida é muito curta, veja bem como ela passa rápido

Desse jeito, eu quero uma mulher como você
Fica aqui, eu preciso de você
Podem me oferecer o mundo inteiro
Eu não te trocaria, isso é boato, gata

Desse jeito, eu quero uma mulher como você
Fica aqui, eu preciso de você
Podem me oferecer o mundo inteiro

Ai, mas por alguma razão será
Que eu não mudaria o fato de ter te conhecido
Eu mudaria o fato de você ir embora quando amanhece
Porque você se entrega, mas não o bastante
Não liga, mas quando aparece, hein

Sua pele fica molhada, você jogada na cama
Muito maquiada, é desse jeito (desse jeito)
Sua pele fica molhada, tão descabelada (tão descabelada)
Sem dizer nada, você vai embora

Ai, se você for embora
Separa um cantinho pra mim, porque vou atrás de você (atrás)
Vamos embora daqui, para não voltar mais (mais)
Porque eu morro quando você não está comigo

Sinto que sobra o ar
Estou acostumado a perdê-lo com você
Ai, não existe ninguém como você
Sei que você quer ficar comigo

É desse jeito
Eu quero uma mulher como você
Fica aqui, eu preciso de você
Podem me oferecer o mundo inteiro

Ai, mas por alguma razão será
Que eu não mudaria o fato de ter te conhecido
Eu mudaria o fato de você ir embora quando amanhece
Porque você se entrega, mas não o bastante
Não liga, mas quando aparece, hein

Sua pele fica molhada, você jogada na cama
Muito maquiada, é desse jeito
Sua pele fica molhada, tão descabelada
Sem dizer nada, você vai embora

O pretinho de olhos claros (o pretinho de olhos claros)
Ozuna (Ozuna)
Camilo
Diz aí, Gotay
Dynell
Yazid

Sua pele fica molhada, você jogada na cama
Muito maquiada (A Tribo), é desse jeito
Sua pele fica molhada, tão descabelada
Sem dizer nada, você vai embora

Hyde, El Químico (eu quero uma mulher como você)
Ozuna (fica aqui, eu preciso de você)
Camilo (podem me oferecer o mundo inteiro)
(Ai, mas por alguma razão será)

Composição: Alexis Gotay / Camilo / Ozuna / Eduardo Alfonso Vargas Berrios
Enviada por Marcos e traduzida por rubilene@live.com. Legendado por leonardo.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog