Devuélveme

Ozuna

Original Tradução Original e tradução
Devuélveme

Devuélveme lo que me llevaste
Tú, mi corazón te robaste
Dime cómo hago pa' dormir por las noches
No hago nada más que pensarte

Dime, dime
¿Cómo quieres que te olvide?
Si vives, vives
En mi corazón tú vives

Sé que te gusta que yo te bese
Mientras tú me ignoras, la ganas crecen
No te olvides que tu cuerpo me pertenece
Y quiero repetírtelo, ma'I, muchas veces

Yo sé que te gusta que yo te bese
Mientras tú me ignoras, la ganas crecen
No te olvides que tu cuerpo me pertenece
Y quiero repetírtelo, ma'I, muchas veces

No, no, no, no

Me dijo, como yo nadie se lo hace
De día me ignora y de noche quiere que pase
A buscarla, porque ella se siente sola
Conmigo amaneció y al otro día faltó a clase

Una mami con estilo tropical, quiere aparentar
Ella conmigo no quiere estar
Pero a nadie ella se lo quiere contar
Que de sólo pensar, su cuerpo se empieza a calentar

Sé que te gusta que yo te bese
Mientras tú me ignoras, la ganas crecen
No te olvides que tu cuerpo me pertenece
Y quiero repetírtelo, ma'I, muchas veces

Yo sé que te gusta que yo te bese
Mientras tú me ignoras, la ganas crecen
No te olvides que tu cuerpo me pertenece
Y quiero repetírtelo, ma'I, muchas veces

No, no, no, no

Yo sé que yo me dejo llevar
Devuélveme lo que te llevastes sin preguntar
Y dime cómo yo hago pa' poderte olvidar
Que cuando yo estoy solo, te empiezo a recordar

Avísame, si quieres algún día, aquí estaré
Pero que no sea tarde, yo sé que superaré
El dolor que yo tenía, el corazón me curaré
Ya yo no te buscaré, prometo que te olvidaré

Avísame, si quieres algún día, aquí estaré
Pero que no sea tarde, yo sé que superaré
El dolor que yo tenía, el corazón me curaré
Ya yo no te buscaré, prometo que te olvidaré

Devuélveme lo que me llevaste
Tú, mi corazón te robaste
Dime cómo hago pa' dormir por las noches
No hago nada más que pensarte

Dime, dime
¿Cómo quieres que te olvide?
Si vives, vives
En mi corazón tú vives

Sé que te gusta que yo te bese
Mientras tú me ignoras, la ganas crecen
No te olvides que tu cuerpo me pertenece
Y quiero repetírtelo, ma'I, muchas veces

Yo sé que te gusta que yo te bese
Mientras tú me ignoras, la ganas crecen
No te olvides que tu cuerpo me pertenece
Y quiero repetírtelo, ma'I, muchas veces

No, no, no, no

Me Devolva

Me devolva o que você levou de mim
Você, meu coração você roubou
Diga-me como faço para dormir à noite
Eu não faço nada além de pensar em você

Diga-me, diga-me
Como quer que eu te esqueça?
Se você mora, mora
Você mora no meu coração

Eu sei que você gosta que eu te beije
Enquanto você me ignora, o desejo cresce
Não esqueça que seu corpo pertence a mim
E eu quero prová-lo de novo, amor, muitas vezes

Eu sei que você gosta que eu te beije
Enquanto você me ignora, o desejo cresce
Não esqueça que seu corpo pertence a mim
E eu quero prová-lo de novo, amor, muitas vezes

Não, não, não, não

Me disse que ninguém faz como eu
De dia me ignora e à noite quer que eu vá
Até ela, porque ela se sente sozinha
Amanheceu comigo e no dia seguinte perdeu a aula

Ela quer parecer uma gata de estilo tropical
Ela não quer ficar comigo
Mas ela não quer contar pra ninguém
Que só de pensar, seu corpo começa a esquentar

Eu sei que você gosta que eu te beije
Enquanto você me ignora, o desejo cresce
Não esqueça que seu corpo pertence a mim
E eu quero prová-lo de novo, amor, muitas vezes

Eu sei que você gosta que eu te beije
Enquanto você me ignora, o desejo cresce
Não esqueça que seu corpo pertence a mim
E eu quero prová-lo de novo, amor, muitas vezes

Não, não, não, não

Eu sei que me deixo levar
Me devolva o que você levou sem pedir
E me diga como eu faço para poder te esquecer
Pois quando estou sozinho, começo a lembrar de você

Se algum dia você quiser, me avise, estarei aqui
Mas não demore, eu sei que vou superar
A dor que eu tinha, eu vou curar o meu coração
Eu não vou mais procurar por você, prometo que vou te esquecer

Se algum dia você quiser, me avise, estarei aqui
Mas não demore, eu sei que vou superar
A dor que eu tinha, eu vou curar o meu coração
Eu não vou mais procurar por você, prometo que vou te esquecer

Me devolva o que você levou de mim
Você, meu coração você roubou
Diga-me como faço para dormir à noite
Eu não faço nada além de pensar em você

Diga-me, diga-me
Como você quer que eu te esqueça?
Se você mora, você mora
Você mora no meu coração

Eu sei que você gosta que eu te beije
Enquanto você me ignora, o desejo cresce
Não esqueça que seu corpo pertence a mim
E eu quero prová-lo de novo, amor, muitas vezes

Eu sei que você gosta que eu te beije
Enquanto você me ignora, o desejo cresce
Não esqueça que seu corpo pertence a mim
E eu quero prová-lo de novo, amor, muitas vezes

Não, não, não, não

Composição: Carlos Rivera / Ozuna / Jose Antonio Aponte / Juan Diego Tobar Mora / Juan G Rivera / Vicente Saavedra / Yazid Rivera López
Enviada por Patricia e traduzida por Raquel. Legendado por Joyce.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog