Caramelo

Ozuna

Original Tradução Original e tradução
Caramelo

Uoh-oh
Baby, baby
Ozuna

Aunque no pueda, tengo la curiosidad (curiosidad)
Aunque no pretendo quedarme, me da un poco de ansiedad
Y es que en la vida todo se puede, esté bien o esté mal
Pero podré vivir con la culpa de que al menos una vez más (baby)

Te volví a probar
Tu boca no pierde el sabor a caramelo
Nos dejamos llevar
Tú eres mi bandolera y yo soy tu bandolero

Te volví a probar
Tu boca no pierde el sabor a caramelo
Nos dejamos llevar
Tú eres mi bandolera y yo soy tu bandolero

Esa boquita tan dulce, sabor a caramelo
Ella es un ángel, pero si la tienta', es caliente fuego
Siempre en alta, no necesita vuelo
Y a nadie le cuenta cómo es que la consuelo

Y es muy atractiva, prende de la sativa
Siempre provocativa, soltera, vive la vida
En traje de baño es que se ve bien explosiva
To' lo' domingo', sport con to'a la combi Adidas

Dale, ven, ven, mátame
Dice: Dale, baby, maltrátame
Si quiere' ir de viaje, solo déjame saber
Si te enamora', yo nada voy a perder, ya tú eres mía

Dale, dale, ven, ven, mátame
Dice: Dale, baby, maltrátame
Si quiere' ir de viaje, solo déjame saber
Si te enamora', yo nada voy a perder

Te volví a probar
Tu boca no pierde el sabor a caramelo
Nos dejamos llevar
Tú eres mi bandolera y yo soy tu bandolero

Te volví a probar
Tu boca no pierde el sabor a caramelo
Nos dejamos llevar
Tú eres mi bandolera y yo soy tu bandolero

Siempre seré tu bandolero (bandolero)
Te juro que, de todas, tu amor va primero (va primero)
No tiene' que preocuparte por lo que quiero (lo que quiero)
Siempre yo voy a estar por si ese es tu miedo

Mi amor me complace, me mata siempre que me lo hace
Hay pares que me tiran, pero en flow les da clase
Tu mai' y tu pai' se robaron todas las bases
Está tan dura que, como ella, cada cien años nacen

Dale, ven, ven, mátame
Dice: Dale, baby, maltrátame
Si quiere' ir de viaje, solo déjame saber
Si te enamora', yo nada voy a perder, ya tú eres mía

Dale, dale, ven, ven, mátame
Dice: Dale, baby, maltrátame
Si quiere' ir de viaje, solo déjame saber
Si te enamora', yo nada voy a perder

Te volví a probar
Tu boca no pierde el sabor a caramelo
Nos dejamos llevar
Tú eres mi bandolera y yo soy tu bandolero

Te volví a probar
Tu boca no pierde el sabor a caramelo
Nos dejamos llevar
Tú eres mi bandolera y yo soy tu bandolero

El negrito de ojos claros
Ozuna
Dímelo Gotay
Dynell
Yazid
High, El Químico
Tainy

Doce

Uô-ô
Amor, amor
Ozuna

Por mais que não deva, eu sinto a curiosidade (curiosidade)
Embora não pretendo ficar, sinto um pouco de ansiedade
E é que na vida tudo é possível, seja certo ou errado
Mas vou conseguir viver com a culpa de que, pelo menos, mais uma vez (amor)

Voltei a ficar com você
Sua boca continua doce como açúcar
A gente se deixa levar
Você é a minha bandida e eu sou o seu bandido

Voltei a ficar com você
Sua boca continua doce como açúcar
A gente se deixa levar
Você é a minha bandida e eu sou o seu bandido

Uma boquinha tão doce, doce como açúcar
Ela é um anjo, mas se você a provocar, ela fica foguenta
Sempre arrasa, não precisa nem se esforçar
E não conta para ninguém como eu a consolo

Ela é muito atraente, curte um baseado
Sempre provocante, solteira, vive a vida
Ela fica espetacular quando coloca o biquíni
Domingo é dia de esporte, usa toda a coleção da Adidas

Vamos, vem, vem, me mata
Anda, meu bem, me maltrata
Se você quiser viajar, é só me falar
Se você se apaixonar, eu não vou perder nada, você já é minha

Vamos, vamos, vem, vem, me mata
Anda, meu bem, me maltrata
Se você quiser viajar, é só me falar
Se você se apaixonar, eu não vou perder nada

Voltei a ficar com você
Sua boca continua doce como açúcar
A gente se deixa levar
Você é a minha bandida e eu sou o seu bandido

Voltei a ficar com você
Sua boca continua doce como açúcar
A gente se deixa levar
Você é a minha bandida e eu sou o seu bandido

Sempre serei o seu bandido (bandido)
Juro que, de todas, o seu amor fica em primeiro lugar (em primeiro)
Não precisa se preocupar com o que eu quero (o que eu quero)
Sempre estarei com você, se esse é o seu medo

Ela sastifaz o meu amor, sempre me mata de prazer
Outras mulheres dão em cima de mim, mas ela mostra como se faz
Sua mãe e seu pai roubaram o segredo da beleza
Ela é tão gostosa que, outras como ela, só nascem a cada cem anos

Vamos, vem, vem, me mata
Anda, meu bem, me maltrata
Se você quiser viajar, é só me falar
Se você se apaixonar, eu não vou perder nada, você já é minha

Vamos, vamos, vem, vem, me mata
Anda, meu bem, me maltrata
Se você quiser viajar, é só me falar
Se você se apaixonar, eu não vou perder nada

Voltei a ficar com você
Sua boca continua doce como açúcar
A gente se deixa levar
Você é a minha bandida e eu sou o seu bandido

Voltei a ficar com você
Sua boca continua doce como açúcar
A gente se deixa levar
Você é a minha bandida e eu sou o seu bandido

O pretinho de olhos claros
Ozuna
Diz aí, Gotay
Dynell
Yazid
High, O Químico
Tainy

Composição: Aduardo Alfonso Vargas Berrios / Alexis Gotay / Ozuna / Tainy / Starlin Rivas Batista / Yazid Rivera
Enviada por Taylor e traduzida por Taylor. Legendado por Taylor.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog