Caminando Por La Vida

Melendi

Original Tradução Original e tradução
Caminando Por La Vida

Huele a aire de primavera
Tengo alergia en el corazón
Voy cantando por la carretera
El copiloto llevo al Sol

Y a mi no me hace falta estrella
Que me lleve hasta tu portal
Como ayer estaba borracho
Fui tirando migas de pan

Voy caminando por la vida, sin pausa, pero sin prisas
Procurando no hacer ruido vestio' con una sonrisa, sin complejo ni temores
Canto rumba' de colore'
Y el llorar no me hace daño siempre y cuando tu no llores

Y el milindri a mi me llama
En el mundillo calé
Porque al coger mi guitarra
Se me van solos los pies

Y este año le pido al cielo (ay vámonos)
La salud del anterior
No necesito dinero
Voy sobrado en el amor

Voy caminando por la vida, sin pausa, pero sin prisas
Procurando no hacer ruido, betio con una sonrisa, sin complejo ni temores
Canto rumba' de colore'
Y el llorar no me hace daño siempre y cuando tu no llores ayy

Y no quiero amores no correspondidos
No quiero guerras
No quiero amigos
Que no me quieran sin mis galones

No me tires flores
Ni falsas miradas de inexpresión
Que no dicen nada
Del corazón que me las propone

Porque voy caminando por la vida, sin pausa, pero sin prisas
Procurando no hacer ruido, betio con una sonrisa, sin complejo ni temores
Canto rumba' de colore'
Y el llorar no me hace daño siempre y cuando tu no llores ayy

Caminhando pela vida

Tem cheiro de ar de primavera
Tenho alergia em meu coração
Vou cantando pela rua
De co-piloto levo o Sol

Pra mim não faz falta estrela
Que me leve até você
Como ontem estava bêbado
Fui jogando pedaços de pão

Vou caminhando pela vida, sem pausa, mas sem pressa
Procurando não fazer barulho, vou com um sorriso, sem complexos nem medos
Canto rumbas de cores
E chorar não me faz mal sempre e quando você não chore

E de Milindri me chamam
os ciganos (mundillo calé é uma maneira de se referir aos ciganos na Espanha)
Porque ao pegar meu violão
Meus pés se movem sozinhos

E este ano peço para o céu
A saúde do anterior
Não necessito dinheiro
Vou sobrando no amor

Vou caminhando pela vida, sem pausa, mas sem pressa
Procurando não fazer barulho, vou com um sorriso, sem complexos nem medos
Canto rumbas de cores
E chorar não me faz mal sempre e quando você não chore

E não quero amores não correspondidos
Não quero guerras
Não quero amigos
Que não me queiram sem meu dinheiro

Não me jogue flores
Nem falsos olhares de inexpressão
Que não dizem nada
Do que seu coração me promete

Vou caminhando pela vida, sem pausa, mas sem pressa
Procurando não fazer barulho, vou com um sorriso, sem complexos nem medos
Canto rumbas de cores
E chorar não me faz mal sempre e quando você não chore

Composição: Melendi
Enviada por Eduardo e traduzida por rosilene. Revisões por 5 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog