Lagrimas Desordenadas

Melendi

Original Tradução Original e tradução
Lagrimas Desordenadas

Si mi corazón aun no se viste solo
Es porque no ha encontrao a su medio limón
Lucha en los asaltos que manda la vida
Vive con cien gatos en un callejón
Y en el horizonte de mi pecho en llamas
Soy un supermán que busca tu cabina
El sujeto de quien no llora no mama
Una puta con horario de oficina

Y puse tus recuerdos a remojo
Y flotan porque el agua esta salada
Salada porque brotan de mis ojos
Lagrimas desordenadas
No pienses que estoy loco
Por vivir a mi manera
Voy a pasarme todo el dia bebiendo
Y por la noche... pegado a una botella

Si mi corazon sigue de calavera
Es porque aun no ha aprendido a disimular
Cada vez que ve paseando tus caderas
Se le caen las llaves al fondo del bar
Y en el horizonte de mi pecho en llamas
Soy un superman que busca tu cabina
El sujeto de quien no llora no mama
Una puta con horario de oficina

Y puse tus recuerdos a remojo
Y flotan porque el agua esta salada
Salada porque brotan de mis ojos
Lagrimas desordenadas
No pienses que estoy loco
Por vivir a mi manera
Voy a pasarme todo el dia bebiendo
Y por la noche pegado a una botella

Y he plantado un jardín de la alegría
Para hacer mas divertidos mis días
Y he soñao que dormía entre tus piernas
Y he dejao el sueño patas arriba

Y puse tus recuerdos a remojo
Y flotan porque el agua esta salada
Salada porque brotan de mis ojos
Lagrimas desordenadas
No pienses que estoy loco
Por vivir a mi manera
Voy a pasarme todo el dia bebiendo
Y por la noche pegado a una botella
Oooooo sin ti
Y cuanto mas vacía, mas alta es la verja que salto pa huir
Pegado a una botella
Oooooo sin ti
Y cuanto mas vacía, mas alta es la verja que salto pa huir

Lágrimas Atrapalhadas

Se o meu coração ainda não se veste sozinho
É porque ele não encontrou o seu meio limão
Luta nos assaltos que a vida envia
Vive com uma centena de gatos num beco
E no horizonte do meu peito em chamas
Eu sou um super-homem para buscar sua cabine
O sujeito de "quem não chora não mama"
Uma puta, com o horário de escritório

E deixei suas lembranças de molho
E flutuam, pois a água é salgada
Salada porque caem dos meus olhos
Lágrimas atrapalhadas
Não pense que eu sou louco
Por viver do meu jeito
Eu vou passar o dia todo bebendo
E à noite colado a uma garrafa

Se o meu coração ainda continua morto
É porque não aprendeu a esconder
Toda vez que vê seus quadris passar
Deixa cair as chaves no fundo do bar
E no horizonte do meu peito em chamas
Eu sou um super-homem para buscar sua cabine
O sujeito de "quem não chora não mama"
Uma puta, com o horário de escritório

E coloquei suas lembranças de molho
E flutuam, pois a água é salgada
Salgada porque caem dos meus olhos
Lágrimas atrapalhadas
Não pense que eu sou louco
Por viver do meu jeito
Eu vou passar o dia todo bebendo
E à noite colado a uma garrafa

E eu plantei um jardim da alegria
Para fazer os meus dias mais engraçados
E sonhei que dormia entre as suas pernas
E acordei com o sonho de pernas pro alto

E deixei suas lembranças de molho
E flutuam, pois a água é salgada
Salgada porque caem dos meus olhos
Lágrimas atrapalhadas
Não pense que eu sou louco
Por viver do meu jeito
Eu vou passar o dia todo bebendo
E à noite colado a uma garrafa
Oooooo sem você
E quanto mais vazia, mais alto é o muro que salto pra fugir
Colado a uma garrafa
Oooooo sem você
E quanto mais vazia, mais alto é o muro que salto pra fugir

Composição: Melendi
Enviada por Luana e traduzida por Olalla. Revisão por Lucia.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog