Cheque Al Portamor

Melendi

Original Tradução Original e tradução
Cheque Al Portamor

Educadamente te daría un consejo
Que probablemente todavía no sabes
El demonio sabe mucho más por viejo
Que por ser el rey de todos nuestros males

Con la realidad te vas a dar de bruces
Si piensas que un euro es mejor que un detalle
Porque una ventana que da a un patio luces
Puede brillar más que una que da a la calle

Y ahora vete en busca de aquella cartera
Que sostenga tus tratamientos de belleza, mientras tengas
Porque sabrás que eso no dura eternamente, amiga mía

Así que vete en busca de cada delirio de grandeza
Y si la vida te endereza y tu caballo ganador se te despeña
Recuerda que tú rechazaste ser la flor para mi vida
Por ser solo un pétalo en la de ese tipo

Que pena me das niñita consentida
Con tu cheque falso al portamor vencido

Aunque pensándolo bien
¿Cuál sería nuestro futuro?
Tú que prefieres un peso que un beso
Y yo no tengo ni un puto duro
Tú que solo comes hojas
Y yo solo carne roja
Yo vivo en un cuento chino
Y tú en una peli de Almodóvar
Tú que presumes de atea
Mientras yo vivo de la marea
Que un Dios puso en mi garganta

Y ahora vete en busca de aquella cartera
Que sostenga tus tratamientos de belleza, mientras tengas
Porque sabrás que eso no dura eternamente, amiga mía

Así que vete en busca de cada delirio de grandeza
Y si la vida te endereza y tu caballo ganador se te despeña
Recuerda que tú rechazaste ser la flor para mi vida
Por ser solo un pétalo en la de ese tipo

Que pena me das niñita consentida
Con tu cheque falso al Portamor vencido

Yo solo espero que esto no suene a reproche
Pero cuando no te quede techo que alcanzar
Te sentirás vacía y como un jarro de agua fría será
Cuando mires atrás

Cheque Ao Portamor

Educadamente te daria um conselho
Que provavelmente inda não sabes
O diabo sabe muito mais por experiência
Por ser o rei de todos nossos males

Na realidade você vai bater com a cara no chão
Se você acha que um euro é melhor que um detalhe
Porque uma janela com vista para um pátio brilhante
Pode ofuscar uma que dá para a rua

E agora se ver em busca daquela carteira
Que mantêm teus tratamentos de beleza enquanto você a têm
Pois você saberá que isto não dura eternamente, minha amiga

Então, vá em busca de cada delírio de grandeza
E se a vida te endireitar e teu cavalo vencedor te derrubar
Lembre-se que você se recusou a ser a flor de minha vida
Somente sendo uma pétala desse tipo

Que vergonha me causas menina mimada
Com seu cheque falso ao Portamor vencido

Embora pensando bem
Qual seria nosso futuro?
Você que prefere um peso a um beijo
E eu não tenho nem a porra de um disco
Você come apenas folhas
E eu apenas carne vermelha
Eu vivo em um conto de fadas
E tu em um filme de Almodóvar
Você se orgulha do ateísmo
Enquanto eu vivo da maré
Que um Deus colocou na minha garganta

E agora se ver em busca daquela carteira
Que mantêm teus tratamentos de beleza enquanto você a têm
Pois você saberá que isto não dura eternamente, minha amiga

Então, vá em busca de cada delírios de grandeza
E se a vida te endireitar e teu cavalo vencedor te derrubar
Lembre-se que você recusou ser a flor de minha vida
Somente sendo uma pétala desse tipo

Que vergonha me causas menina mimada
Com seu cheque falso ao Portamor vencido

Eu só espero que isso não aponte o broche
Mas quando você não tiver teto para alcançar
Você se sentirá vazia e como um balde de água fria será
Quando você olhar para trás

Composição: Ramon Melendi Espina
Enviada por Hélio e traduzida por Marquem. Revisão por Carperonidas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog