ADMV (Versión Urbana)

Maluma

Original Tradução Original e tradução
ADMV (Versión Urbana)

No te has ido de mi vida, vida mía
Pero ya te extraño
Quién diría, nadie lo creía
Y ya vamos pa' un año

De solo pensar en perderte
Las milésimas se vuelven horas
Contigo yo me voy a muerte
Y mucho más cuando estamos a solas

Cuando nos falle la memoria
Y solo queden las fotografías
Que se me olvide todo
Menos que tú eres mía

Cuando los años nos pesen
Y las piernas no caminen
Los ojos se nos cierren
Y la piel ya no se estire
Cuando lo único que pese
Sea lo que hicimos en vida
Y aunque nada de esto pase, uoh
Eres el amor de mi vida, uoh

Eres el amor de mi vida
Yah, yah (dice)

Me encanta verte desnudita
Eres la pintura más bonita
Tanta belleza, ¿quién la explica?
En la ducha, moja'íta
Si salimos, fina, exquisita
Y en los parches donde no se quitan

Todos los planes cambiaron
Era perro y me amarraron
El corazón me robaron
Justo y necesario
Me haces sentir millonario

Cuando los años nos pesen
Y las piernas no caminen
Los ojos se nos cierren
Y la piel ya no se estire
Cuando lo único que pese
Sea lo que hicimos en vida
Y aunque nada de esto pase, uoh
Eres el amor de mi vida

Siempre me he soñado una vida contigo
Más valen los hechos que lo prometido
Sin saber adónde vayas, te persigo

Y cuando falle la memoria
Y solo queden las fotografías
Que se me olvide todo
Menos que tú eres mía

Cuando los años nos pesen
Y las piernas no caminen
Los ojos se nos cierren
Y la piel ya no se estire
Cuando lo único que pese
Sea lo que hicimos en vida
Y aunque nada de esto pase, uoh
Eres el amor de mi vida, uoh
Eres el amor de mi vida

Amor da Minha Vida (Versão Urbana)

Você não deixou minha vida, minha vida
Mas eu já sinto sua falta
Quem diria, ninguém acreditou
E nós vamos por um ano

Só pensando em te perder
Os milésimos se tornam horas
Com você eu vou para a morte
E muito mais quando estamos sozinhos

Quando nossa memória falha
E apenas as fotografias permanecem
Deixe-me esquecer tudo
Menos do que você é meu

Quando os anos pesam sobre nós
E as pernas não andem
Os olhos se fechem
E a pele não estique mais
Quando a única coisa que pesa
Seja o que fizemos na vida
E mesmo que nada disso aconteça, uoh
Você é o amor da minha vida, uoh
És o amor da minha vida

Yah, yah (diz)

Eu adoro te ver nua
Você é a pintura mais bonita
Quem explica tanta beleza?
No chuveiro, molhadinha
Se saímos, elegante, chique
Inclusive com o grupinho de amigos

Todos os planos mudaram
Eu era cachorro e me prenderam
Roubaram o meu coração
No momento certo e necessário
Você faz com que eu me sinta milionário

Quando a idade pesar
E as pernas não andarem
Quando fecharmos os olhos
E nossa pele esticar
Quando a única coisa importante
For o que fizemos na vida
Mesmo se não acontecer nada disso, uô
Você é o amor da minha vida, uô

Sempre sonhei construir uma vida contigo
Atitudes contam mais que palavras
Sem saber aonde você vai, eu te sigo

E quando a memória falhar
E só nos restar as fotografias
Eu posso esquecer tudo
Menos que você era minha

Quando a idade pesar
E as pernas não andarem
Quando fecharmos os olhos
E a nossa pele esticar
Quando a única coisa importante
For o que fizemos na vida
Mesmo se não acontecer nada disso, uô
Você é o amor da minha vida, uô
Você é o amor da minha vida

Composição: Edgar Barrera / Maluma / Stiven Rojas / Vicente Barco
Enviada por Taylor e traduzida por Cinara. Legendado por Dudu.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog