Hay Un Cuento

Floricienta

Original Tradução Original e tradução
Hay Un Cuento

Hay un cuento
Que me trajo un día el viento
Que me enseña a reír
Que da ganas de vivir
Donde las hadas existen
Y no hay corazones tristes
Y en abril surcan flores de colores mi jardín
Surcan flores de colores mi jardín

Hay un cuento
Donde vive un sentimiento que nunca va a morir
Que se queda junto a mí
Donde no llegan las penas
Donde solo hay gente buena, y es así
Es un cuento que podemos compartir
Es un cuento que podemos compartir

Haz que tu cuento valga la pena
Haz de tus sueños la ilusión
Y que se asome la primavera
En las calles de tu corazón
Haz que tu ángel nunca se vaya
Que cuide el niño que hay en vos
Y cuando crezcas, nunca lo pierdas
Porque perderás tu corazón

Hay un cuento
Que contaban las abuelas
Que te puedo contar
Para que puedas dormir
Donde la maldad se paga
Y siempre ganan los buenos y es así
Los que sueñan son felices hasta el fin
Los que sueñan son felices hasta el fin

Haz que tu cuento valga la pena
Haz de tus sueños la ilusión
Y que se asome la primavera
En las calles de tu corazón
Haz que tu ángel nunca se vaya
Que cuide el niño que hay en vos
Y cuando crezcas, nunca lo pierdas
Porque perderas tu corazón

Y cuando crezcas, nunca lo pierdas
Porque perderas tu corazón

Haz que tu cuento valga la pena
Haz de tus sueños la ilusión
Y que se asome la primavera
En las calles de tu corazón
Haz que tu ángel nunca se vaya
Que cuide el niño que hay en vos
Y cuando crezcas, nunca lo pierdas
Porque perderas tu corazón

Haz que tu cuento valga la pena
Haz de tus sueños la ilusión
Y que se asome la primavera
En las calles de tu corazón
Haz que tu ángel nunca se vaya
Que cuide el niño que hay en vos
Y cuando crezcas, nunca lo pierdas
Porque perderas tu corazón

Y cuando crezcas, nunca lo pierdas
Porque perderas tu corazón

Há Uma Lenda

Há uma lenda
Que o vento um dia me trouxe
Que me ensina a sorrir
E me dá forças pra viver
Onde as fadas voam livres
E não há corações tristes
E em Abril nascem flores coloridas no jardim
Nascem flores coloridas no jardim

Há uma lenda
Onde existe um sentimento que nunca vai morrer
Que eu levo dentro de mim
Onde as dores nunca chegam
Onde só há gente boa, e é assim
É uma lenda que podemos dividir
É uma lenda que podemos dividir

Faça a lenda valer a pena
Viva seus sonhos, ilusões
Que sejam verdade a primavera
Nas ruas do seu coração
Faça que o anjo que vive nos sonhos
Cuide da criança que há em nós
E quando cresça nunca se esqueça
Porque perderá seu coração

Há uma lenda
Que as vovós contavam sempre
E que eu vou te contar
Pra você poder dormir
Onde a maldade é punida
E os bons sempre vencem, e é assim
Os que sonham são felizes até o fim
Os que sonham são felizes até o fim

Faça a lenda valer a pena
Viva seus sonhos, ilusões
Que sejam verdade a primavera
Nas ruas do seu coração
Faça que o anjo que vive nos sonhos
Cuide da criança que há em nós
E quando cresça nunca se esqueça
Porque perderá seu coração

E quando cresça nunca se esqueça
Porque perderá seu coração

Faça a lenda valer a pena
Viva seus sonhos, ilusões
Que sejam verdade a primavera
Nas ruas do seu coração
Faça que o anjo que vive nos sonhos
Cuide da criança que há em nós
E quando cresça nunca se esqueça
Porque perderá seu coração

Faça a lenda valer a pena
Viva seus sonhos, ilusões
Que sejam verdade a primavera
Nas ruas do seu coração
Faça que o anjo que vive nos sonhos
Cuide da criança que há em nós
E quando cresça nunca se esqueça
Porque perderá seu coração

E quando cresça nunca se esqueça
Porque perderá seu coração

Composição: Florencia Bertotti
Enviada por Daiza. Legendado por Alessandra. Revisões por 6 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Floricienta

Ver todas as músicas de Floricienta