Liki Bessmertnykh Bogov

Arkona

Original Tradução Original e tradução
Liki Bessmertnykh Bogov

Stoj, vechnost' - pravda slepaja!
S javi vo skverne
Ja ubegaju

S mol'boju o zhizni vzdymaja k rodimoj svjatyne
Ty zrish' vnikuda, v pelenu svoih snov
I v jetom zabvenii dushi, v seroj zhizni smjatenii
Vosprjanut zhe v pamjati Liki bessmertnyh Bogov

Gde suwnost' jetogo mira?
V chuzhdoj mne javi dushu zabyla
Stoj, vechnost' - pravda slepaja!
S javi vo skverne ja ubegaju

V bezumstve nochi ty vidish', kak staraja deva
Pomanit tebja na ukazannyj put'
No vnov', vstrepenuvshis', ty vyrvesh'sja s jetogo plena
I vospominan'ja podymut tu strashnuju sut'
Kak polzaja zmeem, kasajas' nezrimyh koren'ev
Ty pal v pustotu bytija neizvedannoj t'my
I vot ty odin na prostorah izvechnoj svjatyni
I v mysljah ty vspomnish' o tom, chto byl predan ljud'mi

Gde suwnost' jetogo mira?
V chuzhdoj mne javi dushu zabyla
Stoj, vechnost' - pravda slepaja!
S javi vo skverne ja ubegaju

V holodnoj zhizni zhazhdesh' ognja
Chto umiraet v jeto mgnoven'e
I vnov' tebja okutaet t'ma
Strah pred smerti zabven'em

I na rasput'e jetih dorog
Snom okutajut chary
Uvidish' navi tihij chertog
Ty v ob#jatijah Mary

Stoj, vechnost' - pravda slepaja!
S javi vo skverne ja ubegaju

Ja uhozhu

Faces Dos Deuses Imortais

Permaneça, para sempre - realmente cego!
Ao despertar no imundo
Eu me quebro

Implorando pela vida atirando-se num santuário natural
Tu vês Vnikuda, o véu dos seus sonhos
E vês o esquecimento da alma, na confusão da vida cinzenta
Desperta como na memória da face dos deuses imortais

Onde está a essência deste mundo?
É estranho para mim despertar a alma esquecida
Permaneça, para sempre - realmente cego!
Ao despertar na imundície da qual eu fujo

No furor da noite você vê a velha criada
Acenar-lhe para o caminho determinado
Mas, novamente, assustado, você traz danos a este cativeiro
E levantaria as terríveis memórias que são
Como a cobra rastejante, tocando raízes invisíveis
Você têm caído no vazio das trevas desconhecidas
E agora está sozinho no vasto santuário eterno
E em meus pensamentos você vai lembrar que foi traído pelo povo

Onde está a essência deste mundo?
É estranho para mim despertar a alma esquecida
Permaneça, para sempre - realmente cego!
Ao despertar na imundície da qual eu fujo

Pela fria luz da vida implorava
Pois ele estava morrendo naquele momento
E, novamente, você vai quebrar a escuridão
O medo da morte, o esquecimento

E no cruzamento dessas estradas
O feitiço do sono vai nos cercar
Veja-se navegar no salão tranquilo
Você está nos braços de Maria

Permaneça, para sempre - realmente cego!
Ao despertar na imundície da qual eu fujo

Eu vou embora

Composição: Masha Scream
Enviada por Angela e traduzida por Angela. Legendado por Maria e Paula. Revisões por 3 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Arkona

Ver todas as músicas de Arkona