Pequeña Serenata Diurna

Silvio Rodriguez

Original Tradução Original e tradução
Pequeña Serenata Diurna

Vivo en un país libre
Cual solamente puede ser libre
En esta tierra, en este instante
Y soy feliz porque soy gigante.
Amo a una mujer clara
Que amo y me ama
Sin pedir nada
-o casi nada,
Que no es lo mismo
Pero es igual-.

Y si esto fuera poco,
Tengo mis cantos
Que poco a poco
Muelo y rehago
Habitando el tiempo,
Como le cuadra
A un hombre despierto.
Soy feliz,
Soy un hombre feliz,
Y quiero que me perdonen
Por este día
Los muertos de mi felicidad.

Pequena Serenata Diurna

Vivo em um país livre
Que só pode ser livre
Nesta terra, neste instante
E sou feliz porque sou gigante.
Amo uma mulher clara
Que amo e me ama
Sem pedir nada
- ou quase nada,
Que não é o mesmo
Mas é igual.

E como se não bastasse
Tenho meus cantos
Que pouco a pouco
Moo e refaço
Habitando o tempo
Como cabe
A um homem acordado.
Sou feliz,
Sou um homem feliz
E quero que me perdoem
Por este dia
Os mortos de minha felicidade.

Composição: Silvio Rodríguez
Enviada por Wesley e traduzida por Diego. Revisão por Paulo.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog