Fadinho Alentejano

Ricardo Ribeiro

Linda cara que tu tens, já sei
Quando chegas noite fora
À espera à porta de casa
À espera à porta de casa
Está o teu pai que te adora

Lindos olhos tem o mocho
Quando a noite vem chegando
Para deixar passar a noite
Para deixar passar a noite
Uma moda eu vou cantando

Muda a água às azeitonas
Rega bem os teus tomates
Tem lá cuidado com a horta
O cravo já está no vaso
Sim senhora, por acaso

Abalaste pra Lisboa
Pois deixaste-me ao pé da porta
Tu seguiste o teu caminho
Tu seguiste o teu caminho
A minha alma ficou torta

Quando cheguei ao Barreiro, já fui
Lisboa estava fechada
Voltei p’ra casa a cantar
Voltei p’ra casa a cantar
Uma vida abençoada

Composição: Paulo De Carvalho
Enviada por Wilson. Revisão por Jorge.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog