Convénceme

Ricardo Montaner

Original Tradução Original e tradução

Tradução automática via Google Translate

Convénceme

Convénceme que la semana,
Contigo tiene dos domingos
Y que la noche es joven
Aunque sea madrugada
Convénceme que no hace falta
Salir corriendo a la oficina
O hoy a las tantas, quiero dormirme
Convénceme que no hay rutina

Dime que la luna es roja
Que sus mejillas son de queso
Y que venden arco íris
Importados y eso es cierto
Que el cielo se quedó sin agua
Y que el agua se mudo al desierto
Dime mi vida, que todo esto
Termina en un final de cuento.

Convénceme de ser feliz
Convénceme
Convénceme de no morir
Convénceme
Que no es igual
Felicidad y plenitud
Que un rato entre los dos
Que una vida sin tu amor

Meses de cinco semanas
Y años de cuatro febreros
Hacer agostos en tu piel
Un sábado de enero
Que el sueño se quedó despierto
Y que la rosa se vistió de perla
Dime mi vida que todo esto
Termina en un final de cuento

Convénceme de ser feliz
Convénceme
Convénceme de no morir
Convénceme
Que no es igual
Felicidad y plenitud
Que un rato entre los dos
Que una vida sin tu amor

Estar sin ti
Atado con cadenas
Viviría amando
En esclavitud oooohhhhh

Convénceme de ser feliz
Convénceme
Convénceme de no morir
Convénceme
Que no es igual
Felicidad y plenitud
Que un rato entre los dos
Que una vida sin tu amor.

Convénceme que el cielo existe

Convénceme

Convencer a semana,
Você tem dois domingos
E a noite é uma criança
Embora sou
Me convencer de que você não precisa
Corra para o escritório
Ou hoje em muitos, eu durmo,
Convencer nenhuma rotina
Diga-me a lua é vermelha
Suas bochechas são o queijo
E vendem arco-íris
Importados e isso é verdade
Que o céu ficou sem água
E que a água mudou-se para o deserto
Diga-me a minha vida, que esta
Acabar conto termina.

Convença-me para ser feliz
Convencer ...
Convença-me para não morrer
Convencer ...
Que não é a mesma
Felicidade e realização
Que algum tempo entre os dois
Que a vida sem o seu amor.

Meses de cinco semanas
E quatro anos Februaries
Faça Augusts em sua pele
Um sábado em janeiro
Esse sonho ficou acordado
E essa pérola rosa vestido.
Diz-me que toda a minha vida
Acabar conto termina.

Convença-me para ser feliz
Convencer ...
Convença-me para não morrer
Convencer ...
Que não é a mesma
Felicidade e realização
Que algum tempo entre os dois
Que a vida sem o seu amor.

Ficar sem você
Amarrado com correntes
Ele viveria para amar
Na escravidão oooo

Convença-me para ser feliz
Convencer
Convença-me para não morrer
Convencer
Que não é a mesma
Felicidade e realização
Que algum tempo entre os dois
Que a vida sem o seu amor.

Convença-me que o céu existe.

Composição: Augusto / Tomás
Enviada por Pedro. Revisão por Andrea.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog