Socorro

Quarto Negro

Diz que quando vem ela te inspira.
Beija o amor pra fazer graça.
Sobe e deixa a porta aberta.
Pede por socorro mas disfarça.

Sei que o teu suspiro me levanta.
Mas por piedade ponho calma.
Sobe e deixa a porta aberta.
Grita por socorro que eu te salvo.

E te levo pra casa, me caso e te expulso os
demônios.

Te mostro amigos, trabalhos, meus livros
e meus sonhos.
Já são dias, anos ou meses que a gente
não se vê.
Quando ou porque nos tornamos assim
tão distantes.

E amanhece o dia e eu não dormi.
Respondo por alguém que não sou eu.
Me solta pra que eu possa cair.

Enviada por Suzana. Legendado por Wesley.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog