LETRAS.MUS.BR - Letras de músicas

Presiento (part. Aitana)

Morat

Presiento (part. Aitana)

Sé que el instinto me intentó avisar
Que conocerte tal vez no era lo mejor
Que eres experta para enamorar
Y no te importa cuantos caigan por error

Yo te miro y todo me da vueltas, vueltas
Y aunque admito que quiero volverte a ver

Presiento que tú siempre vas y vienes
Que nunca tienes nada que perder
Rompiendo corazones te entretienes
Y cuando das el tuyo, es de papel

Presiento que serás de esos errores
De esos que estoy dispuesto a cometer
Presiento que te vas y ya no vienes
Yo olvido mis presentimientos
Solo por volverte a ver

Solo por volverte a ver
Solo por volverte a ver

Podré vivir sin escuchar tu voz
Pero tal vez me mate la curiosidad
Puedes negar que hay magia entre los dos
Pero en el fondo tú ya sabes la verdad

Yo te miro y todo me da vueltas, vueltas
Y aunque admito que quiero volverte a ver

Presiento que tú siempre vas y vienes
Que nunca tienes nada que perder
Rompiendo corazones te entretienes
Y cuando das el tuyo, es de papel

Presiento que serás de esos errores
De esos que estoy dispuesto a cometer
Presiento que te vas y ya no vienes
Yo olvido mis presentimientos
Solo por volverte a ver

Solo por volverte a ver
Solo por volverte a ver

Y aunque no entienda la razón
No puedo ocultar que te quiero
No puedo ocultar que te quiero
Y sé que para mí es un obsesión

Pero para ti es solo un juego
Pero para ti es solo un juego

Presiento que tú siempre vas y vienes
Que nunca tienes nada que perder (no)
Rompiendo corazones te entretienes
Y cuando das el tuyo, es de papel

Presiento que serás de esos errores
De esos que estoy dispuesto a cometer
Presiento que te vas y ya no vienes
Yo olvido mis presentimientos
Solo por volverte a ver

Solo por volverte a ver
Solo por volverte a ver

Sinto (part. Aitana)

Eu sei que o instinto tentou me avisar
Que te conhecer não era uma boa ideia
Que você sabe como deixar alguém apaixonado
E que não se importa com os que caem nessa por acidente

Eu olho para você e tudo gira, gira
E embora eu admita que quero te ver novamente

Eu sinto que você sempre vem e vai
Que você nunca tem nada a perder
Você se diverte partindo corações
E quando entrega o seu, é de papel

Eu sinto que você será um daqueles erros
Daqueles que estou disposto a cometer
Eu sinto que você tá indo embora e não vai voltar
Deixo de lado meus pressentimentos
Só para te ver novamente

Só para te ver novamente
Só para te ver novamente

Posso viver sem escutar sua voz
Mas talvez minha curiosidade fale mais alto
Você pode até negar que haja mágica entre a gente
Mas no fundo você sabe bem qual é a verdade

Eu olho para você e tudo gira, gira
E embora eu admita que quero te ver novamente

Eu sinto que você sempre vem e vai
Que você nunca tem nada a perder
Você se diverte partindo corações
E quando entrega o seu, é de papel

Eu sinto que você será um daqueles erros
Daqueles que estou disposto a cometer
Eu sinto que você tá indo embora e não vai voltar
Deixo de lado meus pressentimentos
Só para te ver novamente

Só para te ver novamente
Só para te ver novamente

E mesmo que eu não entenda o motivo
Eu não posso esconder que te amo
Eu não posso esconder que te amo
E eu sei que isso é uma obsessão para mim

Mas para você é só um jogo
Mas para você é só um jogo

Eu sinto que você sempre vem e vai
Que você nunca tem nada a perder (não)
Você se diverte partindo corações
E quando entrega o seu, é de papel

Eu sinto que você será um daqueles erros
Daqueles que estou disposto a cometer
Eu sinto que você tá indo embora e não vai voltar
Deixo de lado meus pressentimentos
Só para te ver novamente

Só para te ver novamente
Só para te ver novamente

Composição: Aitana / Juan Pablo Isaza Pineros / Juan Pablo Villamil / Martin Vargas Morales / Simon Vargas Morales
Enviada por Emily, Traduzida por Laiane, Legendado por Sara