Gigante da Norte

Kayuá

[Intro]
Gigante da Norte
Fab$ no beat

[Kayuá]
Respeito na rua não tem pra comprar
Gigante da norte, vulgo Kayuá, uh
Na fala tome seu lugar
Não ostenta o que sempre cê pode comprar

Enfia a moral no cu e me paga
Um soco só meu te apaga
Eu quero tudo, e vim do nada
Lá no meu bairro teu nome é piada

Olha pra mim, mais um gênio de porre
Se eu tiver no corre, uh, corre
Caga regra quer dizer o que pode
Essa boca precisa de chuca, num fode

Verdade machuca? Alguém te console
Mal tinha comida, quem dirá console
Vim da lama, joia rara
Brilho vem conforme pole
Soa tipo que me gabo

Uh, uh
Quero ver esse rabo me aplaudir no pole
Eu bem fumado enquanto outra me engole
Eu bem fumado enquanto outra me engole

Não força intimidade nego, some!
Porra, juro, essa merda consome
Guardo grana, bitch, não guardo nomes
A droga mais real das ruas, tome


Posts relacionados

Ver mais no Blog