No Te Quiero Nada

Ha*Ash

Original Tradução Original e tradução
No Te Quiero Nada

No quiero detenerme
Para encontrar vacío mi corazón
Para darme cuenta que contigo no era yo
Pensaba que el quererte sería suficiente
Y no, no fue

No quiero detenerme
Para oír decirte que la vida es mejor
En tus brazos, yo me desprendo el corazón
No digas que me quieres
No significa nada, amor

Porque en tus ojos, me encontraba
Y tantas veces me perdí
Porque en el punto exacto de la oscuridad
No supe más de ti

Regresa tu mirada
Que ya no me desarma
Regresa las palabras
Con las que me hipnotizabas
Y le di sentido a mi vivir
Y hoy no dicen nada, no
Por eso no te quiero nada
(Por eso no te quiero nada)
Yo ya no te quiero nada

No quiero detenerme (no)
Para encontrar pedazos de mi corazón
Y otra vez romperme al darme cuenta
Que era yo (que era yo) la que te daba todo
Y eso no fue lo mejor, no fue

Porque en tus ojos, me encontraba
Y tantas veces me perdí
Porque en el punto exacto de la oscuridad
No supe más de ti

Regresa tu mirada
Que ya no me desarma
Regresa las palabras
Con las que me hipnotizabas
Y le di sentido a mi vivir
Y hoy no dicen nada, ooh

Esto es así
Con corazones fríos
No hay que jugarse nada
Porque no entra en ellos
Ni un rayito en la mañana
Y donde el amor pierde camino
Y no encuentra su morada, uoh
Por eso no te quiero nada

Uh, uh, uh
Ooh, oh, oh, oh, ey

Regresa tu mirada
Que ya no me desarma
Regresa las palabras
Con las que me hipnotizabas
Y le di sentido a mi vivir
Y hoy no dicen nada, no

Esto es así
Con corazones fríos
No hay que jugarse nada
Porque no entra en ellos
Ni un rayito en la mañana
Y donde el amor pierde camino
Llega su morada, uoh
Por eso no te quiero nada
(Por eso no te quiero nada)
Yo ya no te quiero nada

No, no

Não Sinto Nada Por Você

Não quero fazer uma pausa
E ver que o meu coração está vzio
E perceber que eu não era eu mesma com você
Eu achava que com te amar seria o suficiente
E não, não foi

Não quero fazer uma pausa
Para te ouvir dizer que a vida é melhor
Nos seus braços, e eu liberto o meu coração
Não diga que você me ama
Isso não significa nada, amor

Porque eu me encontrava nos seus olhos
E várias vezes me perdi
Porque no justo no momento mais difícil
Eu não soube mais de você

O seu olhar retorna
E ele não me desarma mais
As suas palavras retornam
As que você usava para me hipnotizar
Eu dei um novo sentido para a minha vida
Agora elas não significam nada, não
Por isso eu não sinto nada por você
(Por isso eu não sinto nada por você)
Eu não sinto mais nada por você

Eu não quero fazer uma pausa (não)
E me deparar com os pedaços do meu coração
E desababar de novo ao perceber
Que era eu (que era eu) quem te dava tudo
E isso não bastou, não bastou

Porque eu me encontrava nos seus olhos
E várias vezes me perdi
Porque no justo no momento mais difícil
Eu não soube mais de você

O seu olhar retorna
E ele não me desarma mais
As suas palavras retornam
As que você usava para me hipnotizar
Eu dei um novo sentido para a minha vida
Agora elas não significam nada, ooh

É assim que tem que ser
Com corações frios
Não dá para se envolver
Porque neles não entra
Nem um raio de Sol durante a manhã
É onde o amor perde o caminho
E não encontra uma morada, uô
Por isso eu não sinto nada por você

Uh, uh, uh
Oô, ô, ô, ô, ei

O seu olhar retorna
E ele não me desarma mais
As suas palavras retornam
As que você usava para me hipnotizar
Eu dei um novo sentido para a minha vida
Agora elas não significam nada, não

É assim que tem que ser
Com corações frios
Não dá para se envolver
Porque neles não entra
Nem um raio de Sol durante a manhã
É onde o amor perde o caminho
E não encontra uma morada, uô
Por isso eu não sinto nada por você
(Por isso eu não sinto nada por você)
Eu não sinto mais nada por você

Não, não

Composição: Aureo Baqueiro
Enviada por João e traduzida por Thaisy. Legendado por Lorena. Revisões por 4 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog