Lo Tenga o No

David Bisbal

Original Tradução Original e tradução

Tradução automática via Google Translate

Lo Tenga o No

Lo tenga o no, lo tenga o no
Reunire todo el valor que hay en mis manos
Para buscarte donde nadie te ha buscado
Te encuentre o no, te encuentre o no
Persistire por que sin ti me falta algo
Y ya no espero que el azar obre el milagro
Lo creas o no, lo creas o no
Te busco a ti

Dame una razón para amar
Dame un atisbo de paz
Brilla entre la multitud
Despunta en la oscuridad

Dame, dame, damela
Dame una señal

Puedo sentir, que estas ahí
Pasando inadvertida entre la gente
Sin saber nada de mi
Quiero pensar, que yo también
Merezco que alguien llene mi silencio
Sin un debe en el haber

Lo creas o no, lo creas o no
Te espero aquí

Dame una razón para amar, dame un atisbo de paz
Brilla entre la multitud
Despunta en la oscuridad
Dame, dame, damela
Dame una señal

Dame la alegría de ser
Con la que siempre soñé
La que sabrá disfrutar
De lo que pueda ofrecer
Dime al menos que esta vez
No me equivoque

Dame una razón para amar, dame un atisbo de paz
Brilla entre la multitud despunta en la oscuridad
Dame, dame, damela
Dame una señal

Tem ou não

Quer você tenha ou não, quer tenha ou não
Eu vou reunir todo o valor que está nas minhas mãos
Para te encontrar onde ninguém te procurou
Encontre você ou não, encontre você ou não
Eu vou persistir porque sem você eu estou sentindo falta de algo
E eu não espero mais que o acaso funcione o milagre
Acredite ou não, acredite ou não
Estou te procurando

Me dê uma razão para amar
Dê-me um vislumbre de paz
Brilha no meio da multidão
Empurrada no escuro

Dá-me, dá-me, dá-me
me dá um sinal

Eu posso sentir que você está aí
Passando despercebido entre as pessoas
Sem saber nada sobre mim
Eu quero pensar que eu também
Eu mereço alguém para preencher meu silêncio
Sem um débito no ter

Acredite ou não, acredite ou não
Te espero aqui

Me dê uma razão para amar, me dê um vislumbre de paz
Brilha no meio da multidão
Empurrada no escuro
Dá-me, dá-me, dá-me
me dá um sinal

Me dê a alegria de ser
Com o qual sempre sonhei
Aquele que vai saber aproveitar
Mas o que você pode oferecer?
Diga-me pelo menos desta vez
Não me confunda

Me dê uma razão para amar, me dê um vislumbre de paz
Brilha na multidão no escuro
Dá-me, dá-me, dá-me
me dá um sinal


Posts relacionados

Ver mais no Blog