A Partir de Hoy (part. Sebastian Yatra)

David Bisbal

Original Tradução Original e tradução
A Partir de Hoy (part. Sebastian Yatra)

Siempre hay alguien como tú
Que te nubla la razón
Pero no quiere escucharte
Siempre hay alguien como yo
Cuanto más me dicen no
Más intento enamorarte

Tú me obligaste a soltarte
Y me tiraste al viento
Yo me obligaré a olvidarte
O muero en el intento

A partir de hoy
Le vendare los ojos a mi corazón
No quiero que te mire y vuelva
A enamorarse y aunque duela extrañarte

A partir de hoy
Del cuento que escribimos borraré el final
Para que nada quede de lo que juraste
Y aunque duela dejarte

Puede que mañana sea ya tarde
Y ya no pueda olvidarte

Aunque me duela olvidarte
Se que voy dejarte a partir de hoy
(A partir de hoy)
Aunque me duela olvidarte
Se que voy a dejarte a partir de hoy
(A partir de hoy)

Mi vida entera te prometo que a partir de hoy
Voy alejarme y no escribirte como un perdedor
Al fin y al cabo ya no hay nada que contarte
Yo ya di mi parte, y aún así no volverás

Y aunque sea difícil ya no verte más
Será por mi bien no saber donde estás
Yo para tus juegos ya no estoy
A otros brazos yo me voy, por que

A partir de hoy
Le vendaré los ojos a mi corazón
No quiero que te mire y vuelva a enamorarse
Y aunque duela extrañarte
Y aunque me duela el corazón yo me voy

A partir de hoy
Del cuento que escribimos borrare el final
Para que nada quede de lo que juraste
Y aunque duela dejarte
Y aunque me duela a mi olvidarte y dejarte

Puede que mañana sea tarde
Y ya no pueda olvidarte

Aunque me duela olvidarte
Se que voy dejarte a partir de hoy
(A partir de hoy)
Aunque me duela olvidarte
Se que voy a dejarte a partir de hoy

Y es que para ser sincero
Sabes que es mentira
Tu siempre estarás conmigo
Vida de mi vida

A partir de hoy
Le vendaré los ojos a mi corazón
No quiero que te mire y vuelva a enamorarse
Y aunque duela extrañarte
Y aunque me duela el corazón me voy

A partir de hoy
Del cuento que escribimos borraré el final
Para que nada quede de lo que juraste
Y aunque duela dejarte
Y aunque me duela a mi olvidarte y dejarte

Puede que mañana sea tarde
Y ya no pueda olvidarte

A Partir de Hoje (part. Sebastian Yatra)

Sempre há alguém como você
Que escurece a razão
Mas você não quer escutar
Sempre há alguém como eu
Quanto mais me dizem não
Mais tento me apaixonar

Você me obrigou a deixar você ir
E você me jogou ao vento
Eu me obrigarei a te esquecer
Ou eu morro na tentativa

A partir de hoje
Vendarei os olhos do meu coração
Não quero que te olhe e volte a se apaixonar
E embora doa sentir sua falta

A partir de hoje
Da história que escrevemos, vou apagar o fim
Para que nada reste do que você jurou
E embora doa te deixar

Pode ser que amanhã seja tarde
E já não possa te esquecer

Embora doa te esquecer
Sei que vou deixar você a partir de hoje
(A partir de hoje)
Embora doa te esquecer
Sei que vou deixar você a partir de hoje
(A partir de hoje)

Toda a minha vida prometo que a partir de hoje
Vou me afastar e não te escrever como um perdedor
Afinal já não há nada para lhe dizer
Eu já dei minha parte e ainda assim você não vai voltar

E embora seja difícil não te ver mais
Será para o meu bem não saber onde você está
Eu não sou mais para seus jogos
De seus braços eu saio, porque

A partir de hoje
Eu vendarei os olhos do meu coração
Não quero que te olhe e volte a se apaixonar
E embora doa sentir sua falta
E embora que doa meu coração eu vou

A partir de hoje
Da história que escrevemos, vou apagar o fim
Para que nada reste do que você jurou
E embora doa deixar você
E mesmo que isso me machuque te esquecer e te deixar

Pode ser que amanhã seja tarde
E já não possa te esquecer

Embora doa te esquecer
Sei que vou deixar você a partir de hoje
(A partir de hoje)
Embora doa te esquecer
Sei que vou deixar você a partir de hoje (A partir de hoje)

E para ser sincero você
Sabe que é mentira
Você sempre estará comigo
Vida da minha vida

A partir de hoje
Eu vendarei os olhos do meu coração
Não quero que te olhe e volte a se apaixonar
E embora que doa sentir sua falta
E embora que doa o coração eu vou

A partir de hoje
Da história que escrevemos apagarei o final
Para que nada reste do que você jurou
E embora doa te deixar
E mesmo que isso me machuque te esquecer e te deixar

Pode ser que amanhã seja tarde
E já não possa te esquecer

Enviada por Fabiélio e traduzida por Núbia. Revisões por 6 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog