Vício por Vício

Carranca

Habemus Papam, e daí?
Fumaça branca, faço daqui
Estado laico? Valeu, filhão!
Tão te enganando, cai nessa não

Politicagem, um dinheirão
Estações de rádio e televisão
Querem tomar sua decisão

Respeito suas ideias, sua bandeira, seu deus
Mas vício por vício, eu fico com os meus

Fui na umbanda e no candomblé
Ouvi de Buda e de Lao-Tsé
Tomei o daime, cheirei rapé
Pra ver qual é

Porque só de fé não dá pra viver
O sistema é a caverna e o prisioneiro é você

Respeito suas ideias, sua bandeira, seu deus
Mas vício por vício, eu fico com os meus

Desde a primeira aldeia, a humanidade canta
À procura de magia, de um deus ou uma deusa
Uma chama de esperança, uma luz em sua crença
Religar-se em aliança
(Alá, Apolo, Netuno, Rá)

Tiro, porrada e bomba de luz na sombra
Arreia a lombra do mal
É universal!
Que mané prece, ou dá ou desce
Palácio custa caro e a grana não vem da quermesse
Suntuoso templo em adoração à sei lá quem
Dá-me o que tu tem!
A agonia que me bate pra que veja
Que o que frequenta é uma empresa, não igreja
Te confundindo em rituais de afirmação
Provocando catarses, espetáculo vão

Composição: McMãe / Rodrigo Costa / Vidaut
Enviada por Mateus.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Carranca

Ver todas as músicas de Carranca