Aprenda inglês com a maior plataforma de letra de música da América Latina
Participar

América Fatal

Virus

Original Tradução Original e tradução
América Fatal

El desierto que ves, te contará lo que pasó
No hay leche ni alcohol
Que pueda calmar tanta sed

Senderos del tren
Pistas en la plantación
La nube es tan gris
De tanto robo, sable y cruz.

Esa es mi sangre amarga, valles de luz
Invocando un sueño.

De chico soñé con, un lugar, que no era así
Cerros de color, buscándolos yo me perdí.

Descubrí mi américa sin sol
Reviví en américa de luz
Navegué mi américa fatal
Desperté en mi américa por fin.

Algún hidroavión, oscuras minas de carbón
Mi cuerpo cambió, llorando granos de maíz.

Esa es mi sangre amarga
Rocas del sur
Llamándome en la noche.

América Fatal

O deserto que você vê, lhe contará o que aconteceu
Não há leite nem álcool
Que possa acalmar tanta sede

Caminhos do trem
Sugestões na plantação
A nuvem é tão cinza
De tanto roubo, zibelina e cruz.

Isso é meu sangue amargo, vales de luz,
Invocando um sonho.

De menino eu sonhei com, um lugar que não era deste modo,
Colora colinas, enquanto os procurando que eu me perdi.

Eu descobri minha américa sem sol
Revivi na américa de luz
Eu naveguei minha américa fatal
Eu acordei finalmente em minha américa.

Algum hidroavião, minas escuras de carvão,
Meu corpo mudou, enquanto chorando grãos de milho.

Isso é meu sangue amargo
Pedras do sul
Me chamando à noite.

Enviada por Romina e traduzida por Michele.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Você não precisa da tradução para entender essa letra!

Participe do evento e aprenda inglês com música

Quero participar

Posts relacionados

Ver mais no Blog