Adiós

Sebastián Yatra

Original Tradução Original e tradução
Adiós

Mira, si la vida fuera fácil
Yo tendría mil amores más
Y tú, seguro, tendrías otro
Que te haga suspirar

Mira, si los días no contaran
No tendría que dejarte atrás
Pero es tarde, ya es muy tarde
Y esto duele

Me debo ir (me debo ir)
No me quiero ir (¿cómo decir?)
Me tengo que ir (nunca mirar atrás)
No quiero partir (yo, de ti, me enamoré)

Debo alejar (me)
Tengo que cambiar (te)
Tengo que soñar, tú tienes que soñar
Y debemos llegar

Y aunque dijimos adiós
Nunca dijimos adiós
Cuando me pides perdón, te pido perdón
Tanta luz que apagó

Y estoy seguro que dos
No sobreviven con solo un corazón
Para abrazarnos, para mirarnos
Para perdernos (y recuperarnos)

Tanto, duele tanto la vida sin ti
Duele tanto que te puedo decir
Duele tanto que no quiero vivir
¿Será que está mal decirlo?

Pienso que, de pronto, yo no soy para ti
Pienso que, quizás, te olvidaste de mí
Y así es fácil, cuando sueñas otra vez

La gente está gritando en la calle
La gente está diciendo: No pares
No pares, no pares
Si escuchas ruido, no pares

Y aunque dijimos adiós
Nunca digamos adiós
Cuando me pides perdón, te pido perdón
Tanta luz que apagó

Y estoy seguro que dos
No sobreviven con solo un corazón
Para abrazarnos, para mirarnos
Para perdernos

Mira, si la vida fuera fácil
Yo tendría mil amores más
Y tú, seguro, tendrías otro
Que te haga suspirar

Adeus

Veja bem, se a vida fosse fácil
Eu teria mais mil amores
E você, certamente, teria outro
Que te faça suspirar

Veja bem, se os dias não passassem
Eu não teria que te esquecer
Mas agora é tarde, muito tarde
E isso dói

Tenho que ir embora (tenho que ir embora)
Não quero ir embora (como posso dizer?)
Preciso ir embora (nunca olhar para trás)
Não quero partir (eu me apaixonei por você)

Devo me afastar (de você)
Preciso mudar (substituir você)
Preciso sonhar, você precisa sonhar
E devemos chegar

E embora tenhamos dito adeus
Nunca dissemos adeus
Quando você me pede perdão, eu te peço perdão
Tanta luz que apagou

E tenho certeza que duas pessoas
Não sobrevivem com um só coração
Para nos abraçarmos, para nos olharmos
Para nos perdermos (e nos recuperarmos)

Tanto, a vida sem você dói tanto
Dói tanto que posso te dizer
Dói tanto que não quero viver mais
Será que é errado dizer isso?

Penso, de repente, que não sou bom para você
Penso que, talvez, você se esqueceu de mim
E assim é fácil, quando você volta a sonhar

As pessoas estão gritando na rua
As pessoas estão dizendo: Não pare
Não pare, não pare
Se você está ouvindo um barulho, não pare

E embora tenhamos dito adeus
Nunca digamos adeus
Quando você me pede perdão, te peço perdão
Tanta luz que apagou

E tenho certeza que duas pessoas
Não sobrevivem com um só coração
Para nos abraçarmos, para nos olharmos
Para nos perdermos

Veja bem, se a vida fosse fácil
Eu teria mais mil amores
E você, certamente, teria outro
Que te faça suspirar

Composição: David Julca / Jonathan Julca / Pablo López / Sebastián Yatra
Enviada por Taylor e traduzida por Taylor. Legendado por Nathalia e Taylor.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog