Things That Stop You Dreaming

Passenger

Original Tradução Original e tradução
Things That Stop You Dreaming

I’ve got no money in my hands or my coat or my pocket
Wont get to space cos i haven’t got a rocket
But i’ve air in my lungs
Eyes in my sockets
And a heart that beats
Like a tap that leaks
In the night when you haven’t got a plumber who can stop it
Jack in a box without a key to lock it
Well this boat may sink but i’m not gonna rock it
Cos the sea doesn’t know my name
Yeah the boat may sink but i’m not gonna rock it
Cos the sea doesn’t know my name

Well if you can’t get what you love
You learn to love the things you’ve got
If you can’t be what you want
You learn to be the things you’re not
If you can’t get what you need
You learn to need the things that stop you dreaming
All the things that stop you dreaming

Well i’ve got no ones word and no bodies promise
Not a lot to show but this book full of sonnets
And my liver may be fucked but my heart is honest
And my word is true
Like the sky is blue
In the summer time when everybody gets on it
Warm our skins and get sunburnt from it
And our eyes shine bright like a sky full of comets that shoot like silver trains
Yeah our eyes shine bright like a sky full of comets that shoot like silver trains

Well if you can’t get what you love
You learn to love the things you’ve got
If you can’t be what you want
You learn to be the things you’re not
If you can’t get what you need
You learn to need the things that stop you dreaming
All the things that stop you dreaming

Well if you can’t get what you love
You learn to love the things you’ve got
If you can’t be what you want
You learn to be the things you’re not
If you can’t get what you need
You learn to need the things that stop you dreaming
All the things that stop you dreaming
All the things that stop you dreaming

Aquilo Que Te Impede de Sonhar

Não tenho dinheiro em minhas mãos, em meu casaco ou em meu bolso
Não chegarei ao espaço porque não tenho um foguete
Mas tenho ar em meus pulmões
Olhos em minhas meias
E um coração que bate
Como uma torneira pingando
À noite, quando não há um encanador para pará-la
Jack* em uma caixa, sem chave para tancá-la
Bem, esse bote pode afundar, mas eu não vou balançá-lo
Porque o mar não sabe meu nome
É, esse bota pode afundar mas eu não vou balaçá-lo
Porque o mar não sabe meu nome

Bem, se você não pode ter o que você ama
Você aprende a amar aquilo que tem
Se você não pode ser o que quer
Você aprende a ser aquilo que você não é
Se você não pode ter o que precisa
Você aprende a precisar daquilo que te impede de sonhar
Tudo aquilo que te impede de sonhar

Eu não tenho palavras e não mantenho promessas
Nada a mostrar além desse livro cheio de sonetos
E meu fígado pode ser estragado mas meu coração é honesto
E minha palavra é verdadeira
Assim como o céu é azul
No verão, quando todos ficam na mesma
Com as peles mornas e queimaduras de sol
E nossos olhos brilham como um céu cheio de cometas que correm como um trens de prata
É, nossos olhos brilham como um céu cheio de cometas que correm como trens de prata

Bem, se você não pode ter o que você ama
Você aprende a amar aquilo que tem
Se você não pode ser o que quer
Você aprende a ser aquilo que você não é
Se você não pode ter o que precisa
Você aprende a precisar daquilo que te impede de sonhar
Tudo aquilo que te impede de sonhar

Bem, se você não pode ter o que você ama
Você aprende a amar aquilo que tem
Se você não pode ser o que quer
Você aprende a ser aquilo que você não é
Se você não pode ter o que precisa
Você aprende a precisar daquilo que te impede de sonhar
Tudo aquilo que te impede de sonhar
Tudo aquilo que te impede de sonhar

Composição: Mike Rosenberg
Enviada por Fernanda e traduzida por Ana. Legendado por amanda.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Passenger

Ver todas as músicas de Passenger