Alma Mater

Moonspell

Original Tradução Original e tradução
Alma Mater

Mother Tongue speaks to Me
In the strongest way I've ever seen
I know that she sees in Me
Her proudest child, her purest breed

She speaks to Me in colours
That I can't really understand
I only know that they are ours
And to those I'll proudly bend

For I am your only child
And you my dearest mystery
From an ancient throne I defy the world
To kneel before the Power within.

For I am your only child
And you my dearest mystery
World can't you see it?
Am I alone in my belief?

Virando costas ao Mundo
Orgulhosamente sós
Glória Antiga, volta a nós!

Alma mater!

Breaking waves announce my Bride
It is the only way the Sea could sing
Legends of Lusitanian pride
He sings the words I cannot spring

At the Moon Mountain six wolves cry
Your lost glory we'll regain or die

For I am her only child
And she is my dearest mystery
Pagan Gods in conspiracy
For the sword of Tyranny

Mother Tongue has spoke to thee
In the strongest way they've ever seen
World can't you see ?
I am not alone in my belief.

Alma mater!

Virando costas ao Mundo
Orgulhosamente sós
Glória Antiga, volta a nós!

Alma mater!

Mother Tongue has spoke to Me
In the strongest way I've ever seen
I know that she sees in Me
Her proudest child, her purest breed

She speaks to Me in colours
I can't really understand
I only know that they are ours
and to those I'll proudly bend

For I am her only child
And she is my dearest mystery
From an ancient throne I defy the world
To kneel before the powers within.

For I am her only child
And she is my dearest tragedy
World can't you see it?
I am not alone in my belief.

Virando costas ao Mundo
Orgulhosamente sós

Alma Mater

A Língua Materna me diz
Do modo mais forte que já vi
Sei que ela vê em mim
Seu motivo de orgulho, sua raça mais pura

Ela me diz em matizes
Que eu mal posso entender
Eu apenas sei que são nossos
E a eles, orgulhoso, me curvarei

Pois sou seu unico filho
E você, meu mistério querido
De um trono antigo, desafio o mundo
A ajoelhar-se diante do Poder contido.

Pois sou seu unico filho
E você, meu mistério querido
Mundo, não vês?
Apenas eu creio nisso?

Virando costas ao mundo
Orgulhosamente sós
Glória antiga, volta a nós!

Alma mater!

Ondas rebentando anunciam minha noiva
É o único modo como o Mar pode cantar
Lendas do Orgulho Lusitano
Ele canta as palavras que eu não posso espalhar

Na Montanha da Lua seis lobos uivam
Sua glória perdida retomaremos ou morreremos

Pois sou seu unico filho
E ela, meu mistério querido
Deus Pagãos conspiram
Pela espada da Tirania

A Língua Materna disse a ti
Do modo mais forte que já viram
Mundo, não vês?
Não sou só eu que creio nisso.

Alma mater!

Virando costas ao Mundo
Orgulhosamente
Gloria Antiga, volta a nos!

Alma mater!

A Língua Materna me diz
Do modo mais forte que já vi
Sei que ela vê em mim
Seu motivo de orgulho, sua raça mais pura

Ela me diz em matizes
Que eu mal posso entender
Eu apenas sei que são nossos
E a eles, orgulhoso, me curvarei

Pois sou seu unico filho
E ela, meu mistério querido
De um trono antigo, desafio o mundo
A ajoelhar-se diante do Poder contido.

Pois sou seu unico filho
E ela, minha tragédia querida
Mundo, não vês?
Não sou só eu que creio nisso.

Virando costas ao Mundo
Orgulhosamente sós

Composição: Moonspell
Legendado por Renan. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Moonspell

Ver todas as músicas de Moonspell