Desforra

Marquinhos Satã

Não adianta mais me procurar
Nem tentar de novo me iludir
Vou deixar o tempo te cobrar
Tudo o que eu não pude corrigir
Dor de cotovelo vai durar
Dessa vez te faço compreender
Que atirar pedras e críticas
Não é o melhor jeito de viver

Vou virar a mesa
Vou fazer alarde
E tirar de letra o que foi vulgar
Mudar a tristeza pra outro lugar
E fazer de conta que já fui feliz
Não vai ser tão fácil esse desapego
Pois o meu segredo é te amar demais
Mas vou apagar toda essa lembrança
E a esperança de continuar

Composição: Célia Rocha / Dedé Paraíso
Enviada por Lilian. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Marquinhos Satã

Ver todas as músicas de Marquinhos Satã