Jogo de Azar

Marquinhos Satã

Vou te contar das andanças
Que eu vivi
Foram somente caminhos de ilusão
Me machuquei apanhei me perdi

Lutei, insisti
Como se a vida
Me tivesse dito não
E nesse jogo de azar
Que arranjei pra mim

Só consegui desventura encontrar
Nunca pensei perder assim
Pois afinal sou de ganhar
Tudo na vida tem um fim
Já aprendi que é bom voltar

Por isso hoje estou aqui
E dessa vez não vou deixar
Que o nosso amor nos diga, não
Por isso vem

Vem quero mudar o jogo
Te abraçar de novo
E reviver em nós esse amor
Vem quero sentir a sua presença outra vez

E outra vez quero estar com você
Por isso vem quero mudar o jogo
Te abraçar de novo
E reviver em nós esse amor
Vem quero sentir a tua presença outra vez
E outra vez te amar

Composição: Dedé Paraíso / Luis Carlos / MARCELE
Enviada por Lilian.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog