Brooklyn Baby

Lana Del Rey

Original Tradução Original e tradução
Brooklyn Baby

They say I’m too young to love you
I don’t know what I need
They think I don’t understand
The freedom land of the seventies
I think I’m too cool to know ya
You say I’m like the ice, I freeze
I’m churning out novels like
Beat poetry on amphetamines
I say
I say

Well, my boyfriend’s in a band
He plays guitar while I sing Lou Reed
I’ve got feathers in my hair
I get down to beat poetry
And my jazz collection’s rare
I can play most anything
I’m a Brooklyn baby
I’m a Brooklyn baby

They say I’m too young to love you
You say I’m too dumb to see
They judge me like a picture book
By the colors like they forgot to read
I think we’re like fire and water
I think we’re like the wind and sea
You’re burning up, I’m cooling down
You’re up, I’m down
You’re blind, I see
But I’m free, uh uh
I’m free

Well, my boyfriend’s in a band
He plays guitar while I sing Lou Reed
I’ve got feathers in my hair
I get down to beat poetry
And my jazz collection’s rare
I can play most anything
I’m a Brooklyn baby
I’m a Brooklyn baby

I’m talking about my generation
Talking about that newer nation
And if you don’t like it, you can beat it
Beat it, baby
You never liked the way I said it
If you don’t get it, then forget it
'Cause I don’t have to fucking explain it

And my boyfriend’s in a band
He plays guitar while I sing Lou Reed
I’ve got feathers in my hair
I get high on hydroponic weed
And my jazz collection’s rare
I get down to beat poetry
I’m a Brooklyn baby
I’m a Brooklyn baby

Yeah, my boyfriend’s pretty cool
But he’s not as cool as me
‘Cause I’m a Brooklyn baby
I’m a Brooklyn baby

Baby
Baby
Yeah, yeah, yeah

Queridinha do Brooklyn

Dizem que sou jovem demais para te amar
Não sei do que preciso
Eles acham que eu não entendo
A terra da liberdade dos anos setenta
Acho que sou legal demais para te conhecer
Você diz que sou como gelo, eu congelo
Estou escrevendo alguns romances tipo
Poesias beatnik sobre anfetaminas
Eu digo
Eu digo

Bom, meu namorado é de uma banda
Ele toca guitarra enquanto eu canto Lou Reed
Eu uso penas em meu cabelo
Eu curto poesia beatnik
E minha coleção de jazz é rara
Eu posso tocar quase tudo
Eu sou uma queridinha do Brooklyn
Eu sou uma queridinha do Brooklyn

Dizem que sou jovem demais pra te amar
Você diz que sou burra demais para ver
Que eles me julgam como um livro de imagens
Pelas cores como se esqueceram de ler
Acho que somos como fogo e água
Acho que somos como vento e mar
Enquanto você queima, eu esfrio
Enquanto você está em cima, eu estou em baixo
Enquanto você cega, eu vejo
Mas sou livre, uh uh
Sou livre

Bem, meu namorado é de uma banda
Ele toca guitarra enquanto eu canto Lou Reed
Eu uso penas em meu cabelo
Eu curto poesia beatnik
E minha coleção de jazz é rara
Eu posso tocar quase tudo
Eu sou uma queridinha do Brooklyn
Eu sou uma queridinha do Brooklyn

Eu estou falando da minha geração
Falando sobre a mais nova nação
E se você não gosta disso, pode cair fora
Cai fora, querido
Você nunca gostou do jeito que eu falo
Se não for para entender, é melhor esquecer
Porque eu não preciso te explicar porra nenhuma

E o meu namorado é de uma banda
Ele toca guitarra enquanto eu canto Lou Reed
Eu uso penas em meu cabelo
Eu fico chapada com maconha hidropônica
E minha coleção de jazz é rara
Eu curto poesia beatnik
Eu sou uma queridinha do Brooklyn
Eu sou uma queridinha do Brooklyn

Sim, meu namorado é muito legal
Mas ele não é tão legal quanto eu
Porque eu sou uma queridinha do Brooklyn
Eu sou uma queridinha do Brooklyn

Queridinha
Queridinha
Sim, sim, sim

Composição: Barrie O'Neill / Lana Del Rey
Enviada por Matheus e traduzida por Marcela. Legendado por Yasmim e mais 2 pessoas. Revisões por 28 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Lana Del Rey

Ver todas as músicas de Lana Del Rey