Rap do Ben Drowned Majora's Mask - CreepyPasta

Kêita Beats

Eu era um garoto tímido e não muito popular
Quase não tinha amigos com a exceção de apenas um

Um amigo de escola, pertencia a mesma classe
E a nossa paixão por jogos era algo incomum
Mas um jogo diferente nós chamava atenção
The Legend of Zelda Edição Majora's Mask
E deixava animado poder desbravar o jogo com o final desconhecido
E que pouca gente sabe

Na escola perturbado por garotos valentões quase que consecutivo
Não tem muito o que fazer
O meu pai me acalmava, dando o que eu precisava
Mas até que um certo dia ele veio a falecer

Então me isolei de tudo, sem motivo pra sorrir
Mas fiquei muito contente logo após eu ter comprado um cartucho de console
The Legend of Zelda a Máscara de Majora
Que tanto havia sonhado

Eu joguei aquele jogo durante horas e horas
Ao lado do meu amigo, e até que foi divertido
Queria ser como o Link, corajoso e valente
Mas um dia na escola o meu jogo havia sumido
Então eu deduzi que o cartucho foi roubado
Pelo mesmo valentão que curte me fazer sofrer
E falei pra professora que olhou sua mochila
Encontrando o meu jogo o fazendo me devolver

Temendo pelo pior que me roubassem de novo
Dei o jogo ao meu amigo pra que pudesse guardá-lo
Ele então leva o cartucho e ficou com o telefone
Esperando o momento em que eu podesse ligá-lo
Se passaram os minutos e nada da ligação
Meu amigo preocupado foi até a minha casa e temendo o pior
Logo ao se aproximar vendo o som acoar, do local em que eu gritava

Eu estava lá deitado apanhando atrás de casa
Cercado por valentões que queriam se vingar
O meu amigo viu tudo, mas não pode fazer nada
Porque estava em choque ao ver meu corpo sangrar
E os garotos me bateram com um pedaço de estaca
Que logo danificou a minha orbita ocular e o meu corpo machucado
Logo foi jogado ao lago que de sangue foi tomado, após eu me afogar

Meu amigo me resgata me abraçando já sem vida
E com ele estava o cartucho escrito o nome Majora
Até que o som de sirene da polícia acionada por uma vizinha
Foi ao nosso encontro aquela hora

Meu amigo já em casa não conseguia dormir
Sem que fosse atormentado por diversos pesadelos
E ele não ter feito nada ao me ver naquele estado
Era o que o incomodava lhe trazendo desespero
Até que de repente o jogo desapareceu o garoto preocupado procurou, mas não o via

O tempo se passou e uma notícia chegou
Quem fez mal ao seu amigo já está preso nesse dia
Com 3 dias depois ele soube que o culpado faleceu
E que a razão da morte é desconhecida
Ele estava sem os olhos e com um console ao lado
E o cartucho de Majora próximo ao corpo sem vida

E ele viu que na TV
Apareceu no jornal a imagem do cartucho que eu havia comprado
E tomado pelo medo, ele então investigou
Descobrindo que no jogo havia um progresso guardado

O nome que estava salvo no progresso era Ben
E o SkullKid apareceu onde ele não deveria
E uma figura macabra com a imagem do Link ao aparecer no mapa
Ela sempre o perseguia
Ele viu que na animação foi lhe apresentado um garoto como o Link
Sem a orbita ocular tendo um mal pressentimento
É ai que ele percebe que o olhar do personagem não parava de sangrar
Após ele perceber que lhe apareceu a frase que
Para outros jogadores não aparece teve medo
E ela era parecida com o que falava Ben

Parece que encontrou um fim terrível não é mesmo?

E notou que na tela de game over ao ver o Link morrer algo inédito por ele foi dito
Embora eu saiba que cê não vai me ajudar
Eu não lhe guardo rancor, por ser o meu melhor amigo
Então com muito medo ele teve a certeza
Que aquele personagem era seu amigo Ben
E viveu atormentado, com o peso na consciência
Perdendo a sua razão e ficando louco também
Não importa o que fizesse não podia esquecer
Do cartucho de Majora e do que pra ele foi dito
Embora eu saiba que cê não vai me ajudar
Não posso te odiar você é o meu amigo

Composição: Kêita Beats
Enviada por Kaliandra_Marques.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog