Rap do Ayanokoji - O Xeque Mate

Kêita Beats

Mas Horikita
Eu nunca pensei em você como aliada
Nem você
Nem a Kushida
E nem o Hirata
Vocês não passam de ferramentas
E não importa o que precisa ser feito
Não importa o que precisa ser sacrificado
Neste mundo se trata apenas de vencer
E desde que eu saia vitorioso no fim
É só isso que importa

Desacreditado, vendo em minha volta
O mundo sucumbir na desigualdade
Por isso mantenho a face serena
Pra que ela esconda a minha verdade

Passado obscuro, verdadeiro rato
Uma infância tirada pela sala branca
A quatro paredes, como um prisioneiro
Vivendo cercado por outras crianças

E por isso mesmo que eu pude mudar
Fazendo o possível pra no fim vencer
Pra que o poder se não sabe usar?
Palavras que eu nunca irei esquecer

E tudo que aconteceu no meu passado
Reflete na pessoa que eu sou hoje
O manipulador cujo o nome é Ayanokoji

Garoto inteligente, manipulei minha nota
Com exatos 50 pontos no exame de admissão
Aceito por uma escola criada pelo governo
Pra geração de alunos que vão manter o Japão

E ao chegar na escola, fui abordado por ela
E por eu estar olhando chamou minha atenção
Garota misteriosa, prefere ficar calada
E não mostra interesse em praticar a interação

E estava naquela sala observando os alunos
O bastante para que eu possa analisar com o olhar
Hirata, seria o líder
Kushida, a amigável
E Horikita a a garota que não gosta de falar

E eu apenas um garoto que curte estar reservado
Sem nenhuma habilidade a falar naquele dia
Somente que no passado praticava piano
E fazia aula incansável de caligrafia

Reservado
Prefiro ser isolado
Do que ser como vocês facilmente manipulados
Calmo e observador
Perante a sociedade podre
Não passam de ferramentas
Diante a mim
Ayanokoji

Vou usá-los de degrau pra que eu possa vencer
Se no final eu conseguir o que eu quero
Então pode crer

E eu posso até te ajudar
Mas baixa a bola sua metida
E por favor
Não se intrometa na minha vida

O tempo se passa e é revelado
Que a boa conduta lhe traria pontos
E para que eu possa reinar la no topo
Vou manipular sem pena esses tontos

O meu interesse está camuflado
Na minha aparência de cara legal
Não sabem que tudo fez parte do plano
E estar na classe D foi proposital

Com o tempo Kushida se mostra real
Rosto dupla face com um ar natural
De um lado a garota gentil e amigável
De outro uma puta com raiva anormal

Ainda assim pra mim não é difícil
Que como ferramenta eu vá te usar
Sou o jogador
Você é a peça
E o meu xeque-mate é te manipular

E pra que não desconfiem tenho que ser natural
Companheiro, pra que deles eu possa me aproximar
Manipulando a classe como se fosse um jogo
Pra que um dia a sala D possa virar a sala A

Sei que eu vou estar acima de todos lá no final
É praticamente impossível
Eu não cumprir o objetivo
Eu analiso vocês
Como peças de xadrez
Fazendo o que é preciso, não importa o sacrifício

Olhando o meu semblante, sei que vi subestimar
Sei que você realmente não iria fazer isso
Cê não tem velocidade pra poder me acertar
E mesmo que cê tivesse
Não se iguala comigo

Sou apenas um garoto que curte estar reservado
Sem nenhuma habilidade a te falar nesse dia
Somente que no passado manjava em tocar piano
Praticando incansavelmente a caligrafia

Reservado
Prefiro ser isolado
Do que ser como vocês facilmente manipulados
Calmo e observador
Perante a sociedade podre
Não passam de ferramentas
Diante a mim
Ayanokoji

Vou usá-los de degrau pra que eu possa vencer
Se no final eu conseguir o que eu quero
Então pode crer

E eu posso até te ajudar
Mas baixa a bola sua metida
E, por favor
Não se intrometa na minha vida

Enviada por Clana. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog