O Natal Das Creepypastas

Kêita Beats

É melhor se preparar pra essa chegada do Natal
E receber o bom velhinho nessa data especial
Porém preste atenção, pra evitar a tensão
E no lugar do Noel não receber assombração

Ouço o sino badalando nessa data de Natal
E na véspera do velhinho me encontrar vai ser fatal
Nem ele quer dar de cara porque sabe que infarta
O corpo dele é presente de Natal pra minha faca

Cala sua boca e escuta Noel, não existe presente que vai consolar
Eu vivo sozinho, não lembro de nada, me da agonia não poder chorar
Fluido ocular no olhar vazio e a máscara esconde um sorriso insano
Prazer sou Eyeless Jack e me alimento de humanos

Hoje o Noel vai jogar nessa data com o ouriço
E o Natal vai acabar porque ele vai levar sumiço
Chegou lá na green hill zone o velho do Polo Sul
Que não tem velocidade pra fugir do ouriço azul

Assim como o Knucles ele vai lutar
Assim como Tails vai dar o xilique
Mas lá no final quando o jogo acabar
Vai ter o destino do Robotnik
Pra mim ele é tão lento mas vou deixá-lo correr
Porque no final não tem como escapar
A morte vem pelo Sonic.exe

Roubaram a minha infância, perdi o meu Natal
A data que me alegrava, não é especial
Morta pelo mesmo homem a quem eu chamei de tio
Mas voltei pra me vingar, brincar com o lado sombrio

Por favor brinque comigo nesse dia de Natal
Entidade de garota e medo fora do normal
Quando me ouvir chorar do cenário escuro fuja
Ou você vai jogar com a pequena Sally Suja

No meu Natal não mudou nada, já não tenho mais ninguém
Vivo como um assassino seguidor do Slenderman
Machado sujo de sangue, privado de sentir dor
Quando eu perdi a minha irmã a minha vida acabou

Escuta Noel, melhor não cruzar o caminho daquele que julga ser mal
Te dou a certeza, tô na lista negra, escasso de ter sanidade mental
Se quer me presentear, traz de volta a minha irmã
Ticci Tobby o assassino que perdeu a mente sã

Meu nome é Jack Risonho, o palhaço colorido
Perdi as cores que eu tinha antes ficando naquela caixa esquecido
Mas hoje é Natal e eu quero brincar, fazê-lo sorrir sem ter muito esforço
Veja a insanidade que porta o palhaço louco

Cê vai aguentar, não vai desmaiar, promete que não vai morrer
Porque o palhaço sem cor veio jogar com você
Sorria que não é sonho, preciso de você vivo
Até não aguentar brincar sozinho aqui comigo

Não importa o Natal, não vou deixar de sofrer
Vivo pra me vingar dele, vi quem eu amo morrer
O Jeff irá cair por minhas mãos, Jane The Killer
No Jeff, don't go to sleep!

Jane pare de chorar, é Natal venha comigo
Só eu posso dar fim nele e você sabe bem disso
Eu sou Slender a entidade repleta de seguidores
E vocês não passam de serial killers amadores

Esse Natal será perturbador estando na presença do homem esguio
Vou te causar ilusão e contra mim você caiu
Com a habilidade de teleportar, não pode acertar o que não pode ver
Tentáculo grande pra capturar, não pode fugir do Slender

Fecha a merda dessa boca, esqueci você não tem
Não vê que ela tá comigo e não precisa de ninguém
Hoje é Natal, mas eu não vou deixar
Tu vir falar merda pra me atacar
Se eu sou pra você só um amador
Então porque ainda não pode matar?
Com habilidade de teleportar
Por isso que hoje ainda é vivo
Voltando pra seguidores te babar
Porque você tem medo de lutar comigo
Eu levo um nome bem mais conhecido
Se você não lembra é Jeff The Killer

Go to sleep!

Composição: Keita
Enviada por Monilindababyi. Revisão por Monilindababyi.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog