Temos Tanta Paixão

Janeiro

Ainda tenho os teus cabelos
Na minha cama a passear
Tempos de grande revoltar
Deixaram-nos lá ficar

Está a foto no meu quarto
Naquela tarde numa cidade qualquer
Sinceramente de cinismo eu já estou farto
E do medo de te perder

Temos tanta paixão
E uma noite na mão
Não, não, não, não
Não vás, não vás, não vás, não vás

Porque nunca uma distância foi tão longa
Como a de verão

E ainda tenho todos os meus medo
Na minha mente a vaguear
Roubaste-me os meus segredos
E vendeste-os sem pensar

Se pensas que eu sou fraco
Fraco eu só sou de amor
Mas de facto de cinismo eu já estou farto
Um dia eu fujo e dás-me valor

Temos tanta paixão
E uma noite na mão
Não, não, não, não
Não vás, não vás, não vás, não vás

Porque nunca uma distância foi tão longa
Como a de verão


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Janeiro

Ver todas as músicas de Janeiro