Serena

Ilessi

Você e eu
Não temos mais amarras pra nos segurar no cais
Mas você quer o seu navio longe de todo o mar bravio
Só que eu prefiro o mar
E acho até que já parei tempo demais, pois quero é navegar
Por isso é que você e eu não temos mais
As rotas de navegação iguais

Você só quer estar por perto
Dos portos de caminhos certos
Mas meu destino é o mar aberto
Dispenso os litorais
Nem quero olhar pra trás

Você é diferente
Só gosta das praias e areais
Eu quero o mar corrente, que nem sei pra onde me leva
Eu quero ver a treva
Eu quero abismo, eu quero cataclismo, eu quero os temporais
Não sei ficar asssim como quem chega ao fim
Com a âncora jogada ao fundo

Contemplando o mundo, sem saber do ventos
Sem saber nem mesmo os pontos cardeais
Não quero ter apenas o seu mar de água serena
Eu quero muito mais
Os maremotos, os rodamoinhos e os vendavais
Porque a bem da verdade é só na tempestade que eu me sinto em paz

Composição: Paulo César Pinheiro / Pedro Amorim
Enviada por Heloisa. Revisão por Heloisa.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Ilessi

Ver todas as músicas de Ilessi