Credo

Giorgia

Original Tradução Original e tradução

Tradução automática via Google Translate

Credo

Cancellerò il passato per non tornare indietro
Mentre riguardo in uno specchio I segni di chi ero
È il tempo del risveglio, risalgo dal profondo
Dopo aver fatto a pugni con me stessa credo
E credo nelle lacrime che sciolgono le maschere

Credo nella luce delle idee
Che il vento non può spegnere
Io credo in questa vita, credo in me
Io credo in una vita, credo in te
Io credo in questa vita, credo in me

Credo nell'universo nascosto in uno sguardo
Nella magia del tempo che scandisce un cambiamento
E resterà il ricordo ma non sarà un tormento
Dopo aver fatto un patto col mio ego credo
E credo nelle lacrime che sciolgono le maschere

Credo nella luce delle idee
Che il vento non può spegnere
Io credo in questa vita, credo in me
Io credo in una vita, credo in te
Io credo in questa vita, credo in me

E credo in un amore che
Vince sempre sulle tenebre
Io credo in una vita, credo in te
Sono consapevole

Che non cambiano le regole
Ma credo in un amore che
Vince sempre sulle tenebre
Credo ancora in un bacio che parte

E il cuore che batte
Uomini e macchine
L'inizio e la fine
La vita e la morte
Ancora rinascere
Come le stelle
Tra l'arte, il disordine
E un giro di anime
Siamo satelliti
Intorno all'amore
Intorno all'amore

Credo
E credo nelle lacrime che sciolgono le maschere

Credo nella luce delle idee
Che il vento non può spegnere
Io credo in questa vita, credo in me
Io credo in una vita, credo in me
Io credo in questa vita, credo in te

Eu acho

Vou cancelar o passado para não voltar
Enquanto olhando em um espelho Os sinais de quem eu era
É a hora do despertar, volto das profundezas
Depois de ter socado comigo eu acho
E eu acredito nas lágrimas que derreteram as máscaras

Eu acredito na luz das ideias
Que o vento não pode extinguir
Eu acredito nesta vida, eu acredito em mim
Eu acredito em uma vida, eu acredito em você
Eu acredito nesta vida, eu acredito em mim

Eu acredito no universo escondido em um relance
Na magia do tempo que marca uma mudança
E a memória permanecerá, mas não será um tormento
Depois de fazer um acordo com o meu ego eu acho
E eu acredito nas lágrimas que derreteram as máscaras

Eu acredito na luz das ideias
Que o vento não pode extinguir
Eu acredito nesta vida, eu acredito em mim
Eu acredito em uma vida, eu acredito em você
Eu acredito nesta vida, eu acredito em mim

E eu acredito em um amor que
Ele sempre vence a escuridão
Eu acredito em uma vida, eu acredito em você
Estou ciente

Isso não muda as regras
Mas eu acredito em um amor que
Ele sempre vence a escuridão
Eu ainda acredito em um beijo que sai

E o coração que bate
Homens e máquinas
O começo e o fim
Vida e morte
Ainda renasce
Como as estrelas
Entre arte, desordem
E um passeio de almas
Nós somos satélites
Em torno do amor
Em torno do amor

Eu acho
E eu acredito nas lágrimas que derreteram as máscaras

Eu acredito na luz das ideias
Que o vento não pode extinguir
Eu acredito nesta vida, eu acredito em mim
Eu acredito em uma vida, eu acredito em mim
Eu acredito nesta vida, eu acredito em você

Composição: Daniele Rea / Domenico Abate / Enrico Palmosi / Tony Maiello
Enviada por Jean.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Giorgia

Ver todas as músicas de Giorgia