Ni Freud Ni Tu Mama

Belinda

Original Tradução Original e tradução
Ni Freud Ni Tu Mama

Sécame del aire, no puedo respirar
Somos diferentes, necesito un break
Oh baby, no me lo puedes dar
Hablar de ti me pone mal
Nunca fui Freud ni tampoco tu mamá
No te puedo cambiar, ni hacerte madurar

Lo hago por mí
Yo soy así, ya lo intenté
Disculpa, no hay culpa
Házlo por ti, por no fingir
Disculpa, no hay culpa
Es un adiós, no puedo más
Disculpa, no hay culpa
Se terminó, no pudo ser
No hay culpa, never!

Sigo mis instintos, no me busques más
No más estrategias, conmigo no van
No quiero ser un capricho más
Lo cierto es que no hay espera
Porque la vida en un segundo se va
No te puedo cambiar, ni hacerte madurar

Lo hago por mí
Yo soy así, ya lo intenté
Disculpa, no hay culpa
Házlo por ti, por no fingir
Disculpa, no hay culpa
Es un adiós, no puedo más
Disculpa, no hay culpa
Se terminó, no pudo ser
No hay culpa, never!

Hay amores que destruyen
Lo que somos, lo que fuimos
Y no lo puedes cambiar
You're hot, I forgot

Lo hago por mí
Yo soy así, ya lo intenté
Disculpa, no hay culpa
Házlo por ti, por no fingir
Disculpa, no hay culpa
Es un adiós, no puedo más
Disculpa, no hay culpa
Se terminó, no pudo ser
No hay culpa, never!

Olvida todo lo pasado
La pasión, los besos dados
Se fue tu oportunidad
You're hot, I forgot

Nem Freud, Nem Sua Mãe

Me tirou o ar, não posso respirar
Somos diferentes, preciso de um tempo
Oh baby, e você não pode dar
Falar de você me deixa mal
Nunca fui Freud, muito menos tua mãe
Não posso te mudar, nem te fazer amadurecer

Faço por mim
Eu sou assim, eu já tentei isso
Desculpa, sem culpa
Faça por você, pra não fingir
Desculpa, sem culpa
É um adeus, não posso mais
Desculpa, sem culpa
Se terminou, não era pra ser
Sem culpa, nunca

Sigo meus instintos, não me procure mais
Chega de estratégias, comigo não dá
Não quero ser um capricho a mais
O certo é que não deve esperar
Porque a vida em um segundo se vai
Não posso te mudar, nem te fazer amadurecer

Faço por mim
Eu sou assim, eu já tentei isso
Desculpa, sem culpa
Faça por você, pra não fingir
Desculpa, sem culpa
É um adeus, não posso mais
Desculpa, sem culpa
Se terminou, não era pra ser
Sem culpa, nunca

Há amores que destroem
O que somos, o que fomos
E não se pode mudar
Você é gostoso, esqueci

Faço por mim
Eu sou assim, eu já tentei isso
Desculpa, sem culpa
Faça por você, pra não fingir
Desculpa, sem culpa
É um adeus, não posso mais
Desculpa, sem culpa
Se terminou, não era pra ser
Sem culpa, nunca

Esqueça todo o passado
A paixão, os beijos dados
Sua oportunidade se foi
Você é gostoso, esqueci

Composição: Belinda / Nacho Peregrin
Enviada por Camila. Legendado por João e Liliane. Revisões por 20 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog