Dear Diary : 2016.07.29

ATEEZ

Original Tradução Original e tradução
Dear Diary : 2016.07.29

29th of July, weather is clear

One adult asked me, what is your dream?
As if my dreams explained who I am
When I said I had no dream
The look on the adult’s face was like the child with no name
The look was familiar to me
Though studying wasn’t much of my taste, I tried my best
Parents were fond of joy when I brought good grades to them

Walking on the same path at the same time
I continued my life with no expression
Many books tell me, look at the stars in the night sky
And become the person who shines bright like those stars
But the stars that I looked up in the sky did not shine at all
So I continue to walk, looking down on the floor

Suddenly, a strange thing happened to me
As I was walking, a child came up to me and started talking to me
There is nothing on the floor to look at, raise your head up
This child was a bit weird
The child looked at me with a bright smile and had a pure glow
From its face
But it seems like this child had the same expression on its
Eyes as me

From that moment, we started to hang out a few times
Turning up the music and dancing together was the most exciting part
Of our hangouts
For the first time, I actually felt alive
Hearts pounding like it is about to burst out
And this tingling feelings coming up from my fingertips started to
Take over me
Was there a moment when I wanted something this bad?

One by one, more children started to say my name
The path that I only walked with one another person became a path
To many
Slowly, the word I became ours
Wandering around with this unknown fever
As we looked above our heads, stars seem to shine bright
Today

Querido Diário: 29.07.2016

29 de julho, o tempo está bom

Um adulto me perguntou, qual é o seu sonho?
Como se meus sonhos explicassem quem eu sou
Quando eu disse que não tinha sonho
A expressão no rosto do adulto era como a de uma criança sem nome
O olhar era familiar para mim
Embora estudar não fosse muito do meu gosto, tentei o meu melhor
Os pais se mostravam alegres quando eu lhes trazia boas notas

Andando no mesmo caminho ao mesmo tempo
Eu continuei minha vida sem expressão
Muitos livros me diziam, olhe as estrelas no céu noturno
E torne-se a pessoa que brilha claramente como aquelas estrelas
Mas as estrelas que eu olhei no céu não brilhavam nem um pouco
Então eu continuei andando, olhando para o chão

De repente, uma coisa estranha aconteceu comigo
Enquanto eu caminhava, uma criança veio até mim e começou a conversar comigo
Não há nada no chão para olhar, levante a cabeça
Essa criança era um pouco estranha
A criança olhou para mim com um sorriso brilhante e tinha um brilho puro
Em seu rosto
Mas parece que essa criança tinha a mesma expressão em seus
Olhos como eu

A partir desse momento, começamos a sair algumas vezes
Aumentar a música e dançar juntos foi a parte mais emocionante
Do nosso ponto de encontro
Pela primeira vez, eu me senti verdadeiramente vivo
Corações batendo como se estivessem prestes a explodir
E essa sensação de formigamento vindo dos meus dedos começou a
Me dominar
Houve um momento em que eu quis algo tão ruim?

Uma a uma, mais crianças começaram a dizer meu nome
O caminho que eu andei apenas com outra pessoa se tornou um caminho
Para muitos
Lentamente, a palavra Eu se tornou Nosso
Vagando com essa febre desconhecida
Quando olhamos acima de nossas cabeças, as estrelas parecem brilhar
Hoje

Enviada por Raphaela e traduzida por Vênus. Revisões por 3 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de ATEEZ

Ver todas as músicas de ATEEZ