Owari de Hajimari

Amazarashi

Original Tradução Original e tradução
Owari de Hajimari

itsumo no kaerimichi futo miageta itsumo no yozora
naze da ka ano koro to wa chigatte mietanda
sou da na boku mo sukoshi wa matomo ni nareta kana iya sou demo nai ka
ima mo kawarazu umaku waraenai mainichi desu

ano koro no nakama mo mucha wa shinakunatta
sorya sou da aitsu mo rippa na chichioya damon na
heya no naka de shinisou na kao wo shiteita boku mo
ima ja konna uta mo utaeru you ni natta

tomodachi no okage de tatterunda
kazoku no okage de arukerunda
anata no okage de ikiterunda
"arigatou" nante iitakanee ya demo sa

itsuka bokura ga hanarebanare ni naru sono toki datte waratteitai
fusagikonda kako mo tadashikatta to iiharu tame ni waratteitai
sore dake de itsuka no kanawanakatta yume mo
tada no sugita keshiki ni narunda

kekkyoku karappo no mama no kono te wo bokura wa ookiku furiatte
kotae sae mitsukerarenakatta me ni namida wo tamete sayonara shite
kanashimu na kore ga SUTAATORAIN da yo bokura no owari de hajimari

kono sekai wa sorehodo kirei na mon janai kedo sa sonna ni isoide deteyuku koto wa nai janai ka
bokura no kitai wo sekai wa yoku uragiru keredo
kitai shiteinakatta yorokobi ni tokidoki deaerunda
uragirareta koto ni mune wo harunda
shinjiyou toshita shouko nanda
utagatta bun dake sonshitanda
"kizutsuita" nante iitakanee ya dakara

kono saki nani ga attatte bokura wa furimukazu ni hashitte ikitai
tsumazuita kinou mo josou datta to iiharu tame hashitte ikitai
sore dake de bokura no waraenai omoide mo
tada no waraibanashi ni narunda

ano toki tsui ni kuzureochita hiza de kurayami no naka kakenukete
ano toki suna wo nigitta tenohira de tashika na mono wo tsukamitakute
wakaru darou kore ga SUTAATORAIN da yo bokura no owari de hajimari

hibi ga sugite toshi ga sugite
taisetsu na hitotachi ga sugite
isoganakucha isoganakucha
nanda ka asette tsumazuite
mou dame da ugokenee yo
uzukumattetemo toki wa sugite
kangaete kangaete yatto boku wa boku wo koutei shite

tachiagatte hashiridashite sono toki miageta itsumo no sora
ano koro to wa chigatte mietanda ano hi no mirai wo ikiterunda
subete wo muda ni shitakunai yo
machigai nante nakatta yo
ima no boku wo sasaeteru no wa
ano hi kujikete shimatta boku da

"arigatou" toka "aishiteimasu" toka wakaranai kedo itatteitai
shinjite kureta anata wa tadashikatta to iiharu tame ni utatteitai
sore dake da boku no senaka wo osu no wa
anata ga yorokonde kureru kao

ano toki nobashi tsuzuketa kono ude de ookiku GITAA kakinarashite
ano toki nanimo ienakatta kuchi de hetakuso na uta wo sakende
itsudatte koko ga SUTAATORAIN da yo bokura no owari de hajimari

O Fim do Nosso Começo

Na usual estrada à casa, olhei ao céu estrelado usual
Por alguma razão parecia diferente de antes. Ah-
Me pergunto se me tornei um pouco melhor... Não, dificilmente
Ainda é o mesmo dia nublado sem risadas

Os amigos dos velhos tempos não se arriscam mais
Bem, é claro, ele é um pai, casado agora
Eu, que parecia morto em meu quarto escuro e vazio
Sou capaz de cantar canções assim

Estou em pé por meus amigos
Ando por minha família
Vivo por você
Não quero dizer Obrigado, mas

Um dia nós nos tornaremos distantes, e mesmo assim quero estar rindo
Insistir que o passado apaziguado onde eu estava triste é certo, quero estar rindo
Apenas com isso,os sonhos que não foram realizados
Simplesmente viram um cenário passageiro

No fim, acenamos essas mãos vazias um ao outro por meses
Enchendo de lágrimas nossos pecaminosos olhos que diziam adeus sem achar uma resposta
Não fique triste, essa é a linha de início, nosso início, nosso fim

Esse mundo não é das coisas mais belas, mas... Não há razão para se apressar e sair tão cedo
Este mundo trai nossa confiança de tempo em tempo
Às vezes podemos ter bons momentos inesperados
Sinto orgulho por ter sido traído
É a prova de que
Quanto mais eu acreditava, mais perdia
Não quero dizer que estou mal, então

Independente do que ocorre, queremos correr sem olhar para trás
Insistir que o ontem em que tropecei era um encontro, quero correr e viver
Com isso, as histórias que não podemos rir
Se tornam verdadeiras peças de comédia

Naquele tempo, com os joelhos que se renderam, corremos pela treva
Naquele tempo, querendo agarrar desesperadamente e incansavelmente algo com a mão que pegou areia
Você entende. Essa é a linha de início e fim, nosso início, nosso fim

Passam-se dias, anos
As pessoas queridas passam...
Temos que nos valorizar, nos valorizar
Ser um pouco impaciente, tropeçando
Não posso mais me mover
Assim como estamos, o tempo passa
Pensando, pensando, e logo, finalmente consigo me reconhecer

Me ponho de pé, começam a correr, quando eu fitava o céu
O comum se via diferente daquele momento, estou vivendo o futuro a partir deste dia miserável
Não quero perder tudo
Não houve erro
Quem me apoia agora
É quem foi destroçado nesse dia

Obrigado e Te amo são coisas que não entendo, mas quero cantar
Quero cantar sua insistência sobre eu estar totalmente correto
É isso, o que me leva para frente
É sua bela face sorrindo

Com os braços que estendem esse tempo, eu toco minha guitarra com toda força
Com a boca podre que não podia nem falar, cantei algo inútil e estúpido
Sempre, este mísero lugar é nossa linha de partida, nosso mísero fim e nosso mísero começo

Enviada por Helder e traduzida por Helder.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog