Real Periferia

RZO

São vários manos na favela
Outros manos lá no parque
Pirituba com chuva ou sem chuva é assim
Se marcar é o fim

Tem que ter a ideia certa, não basta
Tem que ser sangue bom que não vacila
Que não pira, pois veja bem confira

Que dó da sociedade todos pensam
Que nós somos coisa ruim
Na verdade eles são assim
Trabalha o dia inteiro, é um android do sistema
E a noite se recolhe ao preconceito do seu doce lar

Essas pessoas tem a alma tão pequena
Tornam mais felizes o diabo e o sistema
Não vivem, sobrevivem, se acham muito humilde
Só que não fala com o vizinho
Tipo nem pensa em ser unido

Se andamos de madrugada pela rua vejam só
Pegam o telefone o nos descrevem à policiais
É, só tem malícia, sede de atrasa, gentalha
Que deixa falha merece salva de bala na cara

E assim que vivem brasileiros, mas não todos
Na favela nós não somos, honramos o que somos
Todo mundo se respeita, aqui ninguém vacila
Então é isso, então se liga, vacilou já toma tiro

Se é periferia todo dia
E se pintar um sangue bom é só alegria
Fique esperto com patifaria e polícia
(Não cai e nem escorrega, não dorme e nem cochila)

Mas se é periferia todo dia
E se pintar um sangue bom é só alegria
Mas fique esperto com patifaria e polícia
(Não dorme no barulho, não carrega embrulho)

Hum, veja bem, escute bem
Periferia todo dia acontece assassinatos
Violência tem que ter consequência
Como saber se o próximo sou eu ou se é você

Por isso atenção, pode ser um mané ou seja ladrão
Nada mudará se enquadrar na escuridão
Se liga neste aviso é apenas um toque
Na rua a lei é dura quem não pode, sofre
Meu senhor por favor, paz e amor
Ilumine a periferia e nos livrai de toda dor

É tudo comédia quem se acha tão valente e não
Tem peito de aço é carne e osso, simplesmente então
Pra que tanta pose, se uma doze estoura a mente irmão?
Se liga na puli quem respeita é inteligente
Fico doente quando ricos indecentes

Com tanto dinheiro e não estão contentes
Mas que nada nós sabemos o futuro deles, é inevitável
O mundo sempre lhes diz: Vai morrer, vai morrer, vai morrer

Hou, se é periferia todo dia
E se pintar um sangue bom é só alegria
Fique esperto com patifaria e polícia
(Não cai e nem escorrega, não dorme e nem cochila)

Mas se é periferia todo dia
E se pintar um sangue bom é só alegria
Mas fique esperto com patifaria e polícia
(Não dorme no barulho, não carrega embrulho)

E eu me lembro de uma vez, foi na favela da mandioca
Na quebrada em Pirituba, foi na lua da madruga
E ali são vários manos, pois ali é que é o point
Só maluco que é, samba no pé
Assim que é, sangue no olho (o crack!)

Peraí, olha lá, vai tomar lá vem o tiro
O mano correndo pra cima da banca
Peraí olha lá, a viatura logo atrás dele à mil
Dando tiro pra cima de nós
Todos correndo, Deus por nós

Foi triste, foi tiro pra tudo que é lado que existe
E vi que vários manos ficaram, e lá tomam tiro
Repressão assim que é, covardia que se cresce
Primeiro eles atiram pra depois perguntar o que é

E eu ainda não sei, tudo que vai rolar, ou que já rolou
E pra mim o que passou, é de certo que passou
Tudo isso foi bom, nada foi em vão
São vários manos tudo responsa, mano de fé, sangue bom
Conosco não há enrosco, aqui não tem fã de canalha
Pois na periferia desrespeito acaba em bala, (-Pá, pá!)

Os que já se foram viram que falhas são falhas, que nada
Melhor não prestigiá-las, siga as palavras

'Esse cotidiano violento
Essa não é a sua vida
Essa não é a minha vida'

Se é periferia todo dia, se ficar no sangue bom, é só alegria
Mas fique esperto com patifaria e policia

Pode acreditar, morô, mano? Aí
O poder de ser livre, está dentro de você maluco
Pois enquanto houver o dinheiro, vai existir a droga
Pois o dinheiro compra a droga e consentimento da polícia

E o único prejudicado é o consumidor, pode crer
Não deixe que isso sobreviva às suas custas
Seja útil à quem te ama cumpadi, cada um, cada um
Pense bem

Se é periferia todo dia
E se pintar um sangue bom é só alegria
Fique esperto com patifaria e polícia
(Não cai e nem escorrega, não dorme e nem cochila)

Mas se é periferia todo dia
E se pintar um sangue bom é só alegria
Mas fique esperto com patifaria e polícia
(Não dorme no barulho, não carrega embrulho)

Se é periferia todo dia
E se pintar um sangue bom é só alegria
Fique esperto com patifaria e polícia
(Não cai e nem escorrega, não dorme e nem cochila)

Mas se é periferia todo dia
E se pintar um sangue bom é só alegria
Mas fique esperto com patifaria e polícia
(Não dorme no barulho, não carrega embrulho)

Composição: RZO
Revisões por 7 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de RZO

Ver todas as músicas de RZO