A Fênix

Rosa de Saron

Original Tradução Original e tradução
A Fênix

Esgote o meu tempo e veja o relógio voltar
Me dê por vencido e eu voltarei a voar
Não temo a chama a me incendiar
A morte é apenas um passar

O fogo que me envolve me consome
E renova o meu ser
Sempre há vida em mim
Em meio às minhas cinzas, eu desperto
E do chão do deserto
Nasce uma rosa outra vez

Provoque a mudança e eu continuarei a viver
Destrua a esperança e eu a farei renascer
No árido chão, vou florescer

Apague o meu nome e eu voltarei a escrever
Esqueça que existo e eu te farei perceber
E quando disser que eu não posso ser
Olhe ao seu redor e vai me ver

O fogo que me envolve me consome
E renova o meu ser
Sempre há vida em mim
Em meio às minhas cinzas. eu desperto
E do chão do deserto
Nasce uma rosa outra vez

You’re gonna see me fly
You’re gonna see me fly again
You better watch the sky
You’re gonna see me fly again

You’re gonna see me fly
You’re gonna see me fly again
You better watch the sky
You’re gonna see me fly again

O fogo que me envolve me consome
E renova o meu ser
Sempre há vida em mim
Em meio às minhas cinzas, eu desperto
E do chão do deserto
Nasce uma rosa outra vez
Outra vez, outra vez, outra vez

Em meio às minhas cinzas, eu desperto
E do chão do deserto
Nasce uma rosa outra vez

A Fênix

Esgote o meu tempo e veja o relógio voltar
Me dê por vencido e eu voltarei a voar
Não temo a chama a me incendiar
A morte é apenas um passar

O fogo que me envolve me consome
E renova o meu ser
Sempre há vida em mim
Em meio às minhas cinzas, eu desperto
E do chão do deserto
Nasce uma rosa outra vez

Provoque a mudança e eu continuarei a viver
Destrua a esperança e eu a farei renascer
No árido chão, vou florescer

Apague o meu nome e eu voltarei a escrever
Esqueça que existo e eu te farei perceber
E quando disser que eu não posso ser
Olhe ao seu redor e vai me ver

O fogo que me envolve me consome
E renova o meu ser
Sempre há vida em mim
Em meio às minhas cinzas. eu desperto
E do chão do deserto
Nasce uma rosa outra vez

Você vai me ver voar
Você vai me ver voar novamente
É melhor você ficar de olho no céu
Você vai me ver voar novamente

Você vai me ver voar
Você vai me ver voar novamente
É melhor você ficar de olho no céu
Você vai me ver voar novamente

O fogo que me envolve me consome
E renova o meu ser
Sempre há vida em mim
Em meio às minhas cinzas, eu desperto
E do chão do deserto
Nasce uma rosa outra vez
Outra vez, outra vez, outra vez

Em meio às minhas cinzas, eu desperto
E do chão do deserto
Nasce uma rosa outra vez

Composição: Bruno Faglioni
Enviada por Leiidy e traduzida por Ana. Legendado por Leiidy.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog