Plano B

Pra quê mudar se tudo já parece estar
No seu lugar andando do jeito que deveria andar

Pra que amar se o amar é irracional
Te faz achar que o errado é certo
Fora do normal

E mesmo assim eu conto do risco que assumi
Quando á mim contrariei
E me permiti sentir
Outra vez

Fugi da minha lei
Pois não podem me prender
Pelo que eu tento ser

A cada cidade
Uma novidade
Que eu somo ao viver

Desconhecer
Pra me conhecer
Não, não é mais Plano B

A cada cidade
Uma novidade
Que não dá pra esquecer

Eu e você
Quando o Sol nascer
Não, não é mais plano B

Pra que mexer no que já deveria ser
E acontecer quando o tempo é curto
E se há escolher

Entre fazer
Prefiro não me arrepender
E me impedir
Dos sonhos que jamais iria descobrir

E mesmo assim
Eu conto do risco que assumi
Quando a mim contrariei
E me permiti sentir outra vez

Fugi da minha lei
Pois não podem me prender
Pelo que eu tento ser

A cada cidade
Uma novidade que eu somo ao viver
Desconhecer pra me conhecer
Não, não é mais plano B

A cada cidade
Uma novidade
Que não dá pra esquecer

Eu e você
Quando o Sol nascer
Não

A cada cidade
Uma novidade
Que não dá pra esquecer

Eu e você
Quando o Sol nascer
Não é mais plano B

Não é mais plano B


Posts relacionados

Ver mais no Blog