Coisa De Outro Mundo

Se o tempo coubesse nas mãos
Se andorinha fizesse verão, se
As pessoas amassem mais
Seríamos mais

Se pedra escrevesse em papel
Se Lua morasse no céu, se
Todas as noites brilhassem mais
Seríamos mais

É coisa de outro mundo
Todo mundo escutando
Melhor mudar de assunto
Enquanto muda o mundo

Pra quê gritar se eu tô bem aqui
Quem sabe mais é quem sabe ouvir
E não as chuvas de palavras
Bem armadas pra ferir

Pra quê gritar se eu tô bem aqui
Tô do teu lado e não vou sair
Pensa comigo que o amor é certo
Incerto é o que há por vir

Se eu tivesse que me declarar
Declaro que faz um bocado que
Faço coisas pra sentir muito mais
E ser muito mais

Ah, se fosse tão fácil assim
Eu já encontraria em mim
Inúmeras maneira pra entender como faz
Pra ser muito mais

É coisa de outro mundo
Todo mundo escutando
Melhor mudar de assunto
Enquanto muda o mundo

Pra quê gritar se eu tô bem aqui
Quem sabe mais é quem sabe ouvir
E não as chuvas de palavras
Bem armadas pra ferir

Pra quê gritar se eu tô bem aqui
Tô do teu lado e não vou sair
Pensa comigo que o amor é certo
Incerto é o que há por vir

Faz acontecer
Faz o que tiver de ser
Faz acontecer
Faz o que tiver de ser

Pra quê gritar se eu tô bem aqui
Quem sabe mais é quem sabe ouvir
E não as chuvas de palavras
Bem armadas pra ferir

Pra quê gritar se eu tô bem aqui
Tô do teu lado e não vou sair
Pensa comigo que o amor é certo
Incerto é o que há por vir

Composição: Ro
Enviada por Cara.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog