Donaukinder

Rammstein

Original Tradução Original e tradução
Donaukinder

Donauquell, dein Aderlass
Wo Trost und Leid zerfließen
Nichts gutes liegt verborgen, nass
In deinen feuchten Wiesen

Keiner weiß, was hier geschah
Die Fluten, rostig rot
Die Fische waren atemlos
Und alle Schwäne tot

An den Ufern, in den Wiesen
Die Tiere wurden krank
Aus den Auen in den Fluss
Trieb abscheulicher Gestank

Wo sind die Kinder?
Niemand weiß, was hier geschehen
Keiner hat etwas gesehen
Wo sind die Kinder?
Niemand hat etwas gesehen

Mütter standen bald am Strom
Und weinten eine Flut
Auf die Felder, durch die Deiche
Stieg das Leid in alle Teiche

Schwarze Fahnen auf der Stadt
Alle Ratten fett und satt
Die Brunnen giftig aller Ort
Und die Menschen zogen fort

Wo sind die Kinder?
Niemand weiß, was hier geschehen
Keiner hat etwas gesehen
Wo sind die Kinder?
Niemand hat etwas gesehen

Donauquell, dein Aderlass
Wo Trost und Leid zerfließen
Nichts gutes liegt verborgen, nass
In deinen feuchten Wiesen

Wo sind die Kinder?
Niemand weiß, was hier geschehen
Keiner hat etwas gesehen
Wo sind die Kinder?
Niemand hat etwas gesehen

Crianças do Danúbio

Danúbio, derrame o seu sangue
Onde o conforto e o sofrimento se misturam
Nada de bom se molha e se esconde
Em seus charcos úmidos

Ninguém sabe o que aconteceu aqui
As águas tingidas de um vermelho-ferrugem
Os peixes não conseguiam respirar
E todos os cisnes haviam morrido

Nas margens dos campos
Os animais adoeceram
E das margens do rio
Um fedor terrível subia

Onde estão as crianças?
Ninguém sabe o que aconteceu aqui
Ninguém viu nada
Onde estão as crianças?
Ninguém viu absolutamente nada

Logo, as mães foram até o rio
E houve um dilúvio de lágrimas
Nos campos à beira dos diques
O sofrimento se espalhou por todos os lagos

Bandeiras negras se ergueram na cidade
E todos os ratos estavam gordos e cansados
As fontes foram tomadas por uma vermelhidão tóxica
Então as pessoas se afastaram

Onde estão as crianças?
Ninguém sabe o que aconteceu aqui
Ninguém viu nada
Onde estão as crianças?
Ninguém viu absolutamente nada

Danúbio, derrame o seu sangue
Onde o conforto e o sofrimento se misturam
Nada de bom se molha e se esconde
Em seus charcos úmidos

Onde estão as crianças?
Ninguém sabe o que aconteceu aqui
Ninguém viu nada
Onde estão as crianças?
Ninguém viu absolutamente nada

Composição: Oliver Riedel / Paul Landers / Rammstein / Till Lindemann
Enviada por Raphael e traduzida por Isabel. Revisão por Angelus.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Rammstein

Ver todas as músicas de Rammstein