Contra-Cultura

Pense

Aqui, onde tudo é fugaz, inconstante e insuficiente
Muitos matam, roubam, morrem, ou acabam se acomodando
Pensando que a vida é isso mesmo
E que a felicidade é um privilégio para poucos
O conceito de felicidade para muitos
É de que ela é algo a ser atingido
Quando de fato, ela não é uma meta, mas sim um caminho
O que poucos sabem, é que existem vários outros caminhos
Que não estão vinculados à cultura de massa e à moral tradicional
Caminhos que libertam e nos tiram do senso comum

Pra quem não se acostumou
A ver as coisas como estão
Por quem não se acomodou
Por crer que existe outra opção

Vamos brindar à nossa vida e à nossa união!
Vamos brindar agora!
Por procurar outra saída
Saímos do padrão daqueles que se afogam

Enquanto muitos gastam a vida
Vendo a televisão, ditando a sua cultura
Com compulsão e putaria
Com sectarização, eu me desfaço dela!

O que ninguém quer ver
Além daquilo que os cegam é o que eu quero ver
O que ninguém quer ver
Além daquilo que os cegam é o que eu quero ver
Pra me tirar dessa mentira

Porque assim me sinto bem!
Fazer isso é o que me liberta
Porque eu vou bem mais além
Do que aquilo que te cega

Enviada por Clayton. Legendado por LuanSB.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Pense

Ver todas as músicas de Pense