Andando Sobre Pedras

Pense

Minha motivação e a minha paciência
Morreram ao encontrar o fardo da inocência
Achando que era fácil, escravo da rotina
Paguei um preço alto, viver é estar na mira!

Sinto o corpo cansado e a cabeça mais pesada
O som de todas coisas ouço alto demais
Meu corpo não é de aço tão pouco a minha alma
Daria tudo para dormir um minuto a mais

Um minuto para atrasar o que eu não quero encarar
Se o tempo cura tudo, quem cura o meu atraso?
Quem cura a falta de vontade para me doar?
Mas tenho os meus motivos e um pouco de esperança
De que toda noite mal dormida vai compensar

Eu busco por acreditar
Que um dia a vida vai mudar
Só mais um tempo
E eu chego lá!

Cafeína e muita fé
Gosto amargo, corpo em pé
Passa um dia, passa um mês
Passa um ano e eu me lembro bem

Existem coisas, muitas coisas, que deixei de acreditar
Simplesmente não me dizem nada mais
Foi preciso viver tudo isso para concluir
As paixões que fazem a diferença

Quando eu só preciso de sentir que vale a pena existir
Quando eu só preciso levantar depois de um dia ruim
E se a noite tentar me derrubar, eu me mantenho de pé
A gente anda sobre várias pedras pra depois não sentir mais dor


Posts relacionados

Ver mais no Blog