Nunca Nunca Nunca

Pedro Vargas

Original Tradução Original e tradução

Tradução automática via Google Translate

Nunca Nunca Nunca

Nunca, nunca, nunca pensé que me amaras
Como iba pensarlo tan pobre que soy
Como iba pensarlo si eres tan bonita
Si eres tan hermosa, si eres tan gentil

Sufrí mucho tiempo, lloré muchas veces
La vida inclemente todo me negó
Nunca me miraste como ahora me miras
Bendito sea el cielo, que al fin me escuchó

Nunca, nunca, nunca pensé que tus labios
Me hicieran caricias que tanto anllé
Como iba a pensarlo si siempre que hablabas
Caían en mi vida gotitas de hiel

Las dichas ajenas fueron los testigos
De todas las penas que pasé por ti
Nunca me besaste como ahora me besas
Bendito sea el cielo que al fin me escuchó

Yo ya no me acuerdo ni quiero acordarme
De tantas tristezas y tanto dolor
Tu amor y mi dicha, dueña de mi vida
Han hecho que olvida lo que yo sufrí

Nunca, nunca, nunca creí merecerte
Y ahora que eres mía ya no sé que hacer
Y porque eres buena y porque eres bonita
Te entrego los restos del que fue mi amor

Nunca nunca nunca

Nunca, nunca, nunca pensei que você me amaria
Como eu deveria me achar tão pobre que sou
Como eu pensaria se você é tão bonita
Se você é tão bonita, se você é tão gentil

Sofri muito tempo, chorei muitas vezes
A vida inclemente me negou tudo
Você nunca olhou para mim como você olha para mim agora
Bendito seja o céu, que finalmente me ouviu

Nunca, nunca, nunca pensei que seus lábios
Eles me acariciaram tanto que eu comecei
Como eu poderia pensar se você sempre falava
Gotas de fel caíram na minha vida

Aqueles de fora eram as testemunhas
De todas as tristezas que passei por você
Você nunca me beijou como você me beija agora
Bendito seja o céu que finalmente me ouviu

Não lembro mais ou quero lembrar
De tantas tristezas e tanta dor
Seu amor e minha felicidade, dono da minha vida
Eles me fizeram esquecer o que sofri

Nunca, nunca, nunca pensei que eu te merecia
E agora que você é minha, não sei mais o que fazer
E porque você é bom e porque você é bonito
Eu te dou os restos do que era meu amor

Composição: Tata Nacho
Enviada por Luciano.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Pedro Vargas

Ver todas as músicas de Pedro Vargas