The World Is Full Of Crashing Bores

Morrissey

Original Tradução Original e tradução
The World Is Full Of Crashing Bores

You must be wondering how
The boy next door turned out
Have a care
But don't stare
Because he's still there
Lamenting
Policewomen, policemen, silly women, taxmen
Uniformed whores
They who wish to hurt you
Work within the law
This world is full
So full of crashing bores
And I must be one
Cos no one ever turns to me to say
Take me in your arms
Take me in your arms
And love me

You must be wondering how
The boy next door turned out
Have a care
And say a prayer
Because he's still there
Lamenting
Policewomen, policemen, silly women, taxmen
Uniformed whores
Educated criminals
Work within the law

This world is full
So full of crashing bores
And I must be one
Cos no one ever turns to me to say
Take me in your arms
Take me in your arms
And love me
And love me

What really lies
Beyond the constraints of my mind
Could it be the sea
With fate mooning back at me?
No, it's just more lock jawed pop stars
Thicker than pig shit
Nothing to convey
They're so scared to show intelligence
It might smear their lovely career

This world
I am afraid
Is designed for crashing bores
I am not one
I am not one
You don't understand
You don't understand
And yet you can
Take me in your arms and love me
Love me
And love me

Take me in your arms and love me
Love me, love me
Take me in your arms and love me
Take me in your arms and love me
Would you do
Would you do
What you should do

O Mundo Está Cheio de Gente Muito Chata

Você deve estar se perguntando como
O garoto da porta ao lado foi embora
Tenha um cuidado
Mas não olhe fixamente
Porque ele ainda está lá
Lamentando
Policial feminina, policiais, mulheres tolas, tributaristas
Meretrizes uniformizadas
Elas, que querem te magoar
Trabalham dentro da lei
Este mundo está cheio
Completamente cheio de gente muito chata
E eu devo ser um
Porque ninguém nunca vem até mim a dizer
Me tome em seus braços
Me tome em seus braços
E me ame

Você deve estar se perguntando como
O garoto da porta ao lado desapareceu
Tenha um cuidado
E faça uma prece
Porque ele ainda está lá
Lamentando
Policial feminina, policiais, mulheres tolas, tributaristas
Meretrizes uniformizadas
Criminosas com estudo
Trabalham dentro da lei

Este mundo está cheio
Completamente cheio de gente muito chata
E eu devo ser um
Porque ninguém nunca se vira para mim e diz
Me tome em seus braços
Me tome em seus braços
E me ame
E me ame

O que realmente existe
Por trás das restrições da minha mente?
Poderia ser o mar
Com o destino me ultrajando de volta?
Não, são apenas mais pop-stars mudos
Mais substanciosos que merda de porco
Com nada a expressar
Eles têm tanto medo de mostrar inteligência
Isso poderia manchar suas adoráveis carreiras

Este mundo
Eu temo que
Seja projetado para gente muito chata
Eu não sou um
Eu não sou um
Você não entende
Você não entende
E ainda assim você pode
Me tomar em seus braços e me amar
Me amar
E me amar

Me tome em seus braços e me ame
Me ame, me ame
Me tome em seus braços e me ame
Me tome em seus braços e me ame
Você faria?
Você faria?
O que você faria?

Composição: Boz Boorer / Morrissey
Enviada por Fabrício e traduzida por Daniel. Legendado por Daniel e Daniel. Revisões por 5 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia


Posts relacionados

Ver mais no Blog